4/6/2018 10:45

Conmebol sorteia oitavas da Libertadores

Copa Sul-Americana também terá confrontos da segunda fase decididos em evento no Paraguai

Globo.com

A Conmebol sorteia na noite desta segunda-feira os confrontos das oitavas de final da Taça Libertadores. Em evento que será realizado na sede da entidade, em Luque, no Paraguai, com transmissão do SporTV2 a partir das 20h50 (de Brasília) e cobertura em tempo real do Globoesporte.com, a entidade também vai definir os confrontos da segunda fase da Copa Sul-Americana.



Dono da melhor campanha geral da fase de grupos da Libertadores, o Palmeiras, que somou 16 pontos em 18 disputados, terá a vantagem de decidir em casa até uma eventual final.

Os líderes dos grupos ficarão no pote 1 e jogarão a primeira partida do mata-mata como visitantes. Os segundos colocados vão para o pote 2.

Veja abaixo a composição do sorteio:

Pote 1: Palmeiras, Grêmio, Cruzeiro, Corinthians, Santos, Atlético Nacional (Colômbia), Libertad (Paraguai) e River Plate (Argentina);

Pote 2: Flamengo, Cerro Porteño (Paraguai), Colo-Colo (Chile), Atlético Tucumán (Argentina), Racing (Argentina), Estudiantes (Argentina), Independiente (Argentina) e Boca Juniors (Argentina).

Não há restrições a confrontos de equipes do mesmo país ou de adversários que disputaram a fase de grupos na mesma chave. Mas, uma coisa é certa: teremos duelos entre brasileiros e argentinos.

Dos 16 classificados, 12 são dos dois países, o que garante no mínimo dois encontros.

Caso o sorteio defina confrontos entre Atlético Nacional, Libertad (primeiros em seus grupos), Colo-Colo e Cerro (segundos), é possível ter até seis duelos entre Brasil e Argentina, mas, para o matemático Tristão Garcia, a chance é remota: 0,6% de probabilidade.

– É guerra você ter seis confrontos entre Brasil e Argentina, mas a chance de isso acontecer é pequena, são 240 combinações das 40.320 – disse.

Único brasileiro que terminou a fase de grupos no segundo lugar, o Flamengo tem 12,5% de chances encarar novamente o River Plate (único argentino líder, justamente na mesma chave). Já a probabilidade de o time de Maurício Barbieri enfrentar um rival brasileiro é grande: 62,5%.

Os números podem dar confiança aos torcedores brasileiros contra os argentinos: nesta edição, são cinco vitórias, três empates e duas derrotas. No histórico geral do torneio, são 88 triunfos para os brasileiros em 217 jogos, contra 83 dos argentinos (46 empates).

Os clubes do Brasil levam a melhor no duelo direto, mas os times da Argentina têm mais taças: das 58 Libertadores disputadas, são 24 títulos argentinos contra 18 brasileiros. Os países com mais títulos na sequência são Uruguai (oito), Colômbia e Paraguai (três), Equador e Chile (um).

Os confrontos das oitavas de final da Libertadores serão disputados somente após a Copa do Mundo da Rússia, entre os dias 8 e 29 de agosto. As fases seguintes ocorrerão em setembro (quartas de final) e outubro (semifinal).

Seis brasileiros na disputa pela Sul-Americana
Além dos classificados Atlético-PR, Bahia, Botafogo, Fluminense e São Paulo, os brasileiros terão o reforço do Vasco a partir desta etapa – os cariocas foram eliminados na Libertadores, mas avançaram para a Copa Sul-Americana por terem terminado na terceira posição do seu grupo.

No pote 1 estarão todos os clubes que vieram da fase de grupos da Libertadores, os dois melhores entre os eliminados da primeira fase da Libertadores e os seis melhores da Sul-Americana até o momento. Dos brasileiros, Vasco e Botafogo terão a vantagem de decidir em casa.

O pote 2, por sua vez, terá os demais classificados da Sul-Americana, que vão decidir o mata-mata fora de casa.

Veja abaixo como ficou:

Pote 1: Vasco, Botafogo, Defensor (Uruguai), Bolívar (Bolívia), Peñarol (Uruguai), Santa Fé (Colômbia), Nacional (Uruguai), Millonarios (Colômbia), Junior Barranquilla (Colômbia), Jorge Wilstermann (Bolívia), Banfield (Argentina), Colón (Argentina), Sport Huancayo (Peru), Cerro (Uruguai), El Nacional (Equador) e Deportes Temuco (Chile);

Pote 2: Atlético-PR, Bahia, Fluminense, São Paulo, San Lorenzo (Argentina), General Diaz (Paraguai), Caracas (Venezuela), Lanús (Argentina), Deportivo Cali (Colômbia), LDU (Equador), Nacional (Paraguai), Sol de América (Paraguai), Deportivo Cuenca (Equador), Rampla Juniors (Uruguai), Defensa y Justicia (Argentina) e Boston River (Uruguai).
A segunda fase da Sul-Americana também será disputada após a Copa do Mundo, entre os dias 18 de julho e 1º de agosto.

*Colaborou Leonardo Achão, do Rio de Janeiro

43008 visitas - Fonte: Globo Esporte

Mais notícias do Palmeiras

Notícias de contratações do Palmeiras
Notícias mais lidas

COM ESSA ZAGA QUE TEMOS QUALQUER UM NOS ELIMINA

Palmeiras x boca por favor.

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.

Últimas notícias