16/6/2019 11:30

Mais pressão, menos bebida: Marcos compara os Palmeiras de 1999 e 2019

Ex-goleiro aponta diferenças entre o time que conquistou a Libertadores há duas décadas e a equipe atual, mas acredita que o bicampeonato continental pode acontecer neste ano

Neste domingo, completam-se exatos 20 anos da vitória por 2 a 1 sobre o Deportivo Cali, da Colômbia, seguida de triunfo por 4 a 3 nos pênaltis, que garantiu ao Palmeiras a conquista da Libertadores. Em 2019, a equipe, novamente comandada por Luiz Felipe Scolari, busca o bicampeonato. E Marcos, herói de duas décadas atrás, compara os dois times.



Hoje com 45 anos, o ex-goleiro aponta uma cobrança maior e menor espaço para lazer para o elenco atual, justamente por conta das redes sociais inexistentes há 20 anos. Para o ex-camisa 12, apesar de a equipe de 1999 ter atuado sob a pressão de cumprir o objetivo da patrocinadora e co-gestora Parmalat de ganhar o torneio sul-americano após sete anos de parceria, não havia uma reação imediata dos torcedores como atualmente.


- São outros tempos. Na nossa época, tivemos uma cobrança muito grande, era pressão pra caramba também, mas o pessoal de hoje está vivendo a época da internet, da cobrança online e imediata. Mas tem de cobrar, o torcedor sempre deve esperar que o time ganhe - disse Marcos, com uma sugestão curiosa para os jogadores de hoje, mas pouco viável exatamente por conta das redes sociais.

- Só beber um pouquinho mais do que estão bebendo. Somos de uma geração diferente, saíamos muito juntos depois dos jogos para comemorar, tomar uma cerveja juntos, na mesma mesa do bar. Não só nós, do Palmeiras, como dos outros times. Vivemos outra época, que guardamos com muito carinho. Talvez, hoje, seja mais difícil fazer isso. Se um sentar em um bar e ser filmado bebendo cerveja, no outro dia é uma polêmica desgraçada nas redes sociais.

Cobranças à parte, Marcos acredita que Felipão pode conquistar a sua segunda Libertadores pelo Palmeiras em 2019. No Campeonato Brasileiro, o time é o líder e atual campeão e não perde há 32 rodadas. Na Libertadores, estabeleceu a melhor campanha da fase de grupos, com 15 de 18 pontos possíveis, e enfrenta o argentino Godoy Cruz na oitavas de final, a partir do mês que vem. Com condições de dar o bicampeonato ao clube, segundo o ex-goleiro.

- Nosso time era muito bom tecnicamente, muitos jogadores eram da Seleção Brasileira. Mas, hoje, o Palmeiras tem um time muito qualificado. Na nossa época, não conseguimos ficar tantas partidas invictos como o Palmeiras está no Brasileiro. Esse time de hoje merece muito valor pelas conquistas que tem. Como torcedor, gostava muito do time de 1999 como gosto do time de hoje porque enche de esperança para sempre conquistar títulos - falou.

- O time tem grandes contratações hoje e está disputando a Libertadores de novo, como um dos favoritos neste ano. O Palmeiras está mais forte a cada ano, com mais contratações. Sempre ficamos na expectativa de conquistar esse bicampeonato. Dá esperança. Quem sabe não é neste ano?



LEIA TAMBÉM: Dudu comenta sobre as expectativas e mudanças do Palmeiras para 2020

LEIA TAMBÉM: ENQUETE: Paolo Guerrero é um bom nome para 2020?

LEIA TAMBÉM:Edmundo comenta sobre atuações de Scarpa e detona: "O Palmeiras tem cinco meias e não tem nenhum"



1164 visitas - Fonte: LANCE!

Mais notícias do Palmeiras

Notícias de contratações do Palmeiras
Notícias mais lidas

Rudy Silva     

Gali Saudoso, perdemos um titulo como ja perdemos outros. Ele pode ter falhado, mas ja salvou o Palmeiras em imensos jogos, e dispensou inumeras propostas milionárias para jogar a serie B. Foi ele que salvou o Palmeiras de vexames maiores, quando tinhamos um time com jogadores vergonhosos. Antes do mundial, ele nos ajudou a conquistar nosso principal titulo, que é a Libertadores. Ele nunca tremeu para os gamba. E aqui vai um palpite pra vc, reveja seus conceitos como torcedor do Verdão, vc não se mostra não conhecer a historia do Marcão.

agnaldo ferreira     

Meu caro Gali nao teria falhado os atacantes que perferam gols ??? Lembre-se que se nao fosse ele nem lá estaríamos

Gali Saudoso     

Infelismente o Marcos sempre sera nosso idolo, mas no mundial interclubes jamais poderia falhar do jeito q falhou, desculpa mas é a realidade,perdemos o titulo ai

Rudy Silva     

Marcão fala como torcedor. Ele amo o Palmeiras. Infelizmente falar a verdade dói. A campanha do titulo da Libertadores só poderia ter sido ganho com o amor, os times eram muito paralelos, não existia o mais fraco ou forte. Naquela época não tinha lugar para jogador Nutella igual existe hj em dia.

agnaldo ferreira     

Ídolo, tem crédito pra falar o que quiser obrigado Marcao por tudo vc fala o que sente quem não viveu aquela epoca te critica mas nos que te vimos de perto te idolatramos vc sim e Palmeiras no coração

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.

Últimas notícias

Próximo Jogo - Brasileiro

Dom - 16:00 - Allianz Parque - Premiere
Palmeiras
Grêmio

Último jogo - Brasileiro

Dom - 16:00 - Arena Fonte Nova
Bahia
1 1
Palmeiras
Untitled Document
Classificação
1 Flamengo
2 Palmeiras
3 Santos
4 Grêmio
5 Atletico Paranaense
6 São Paulo
7 Internacional
8 Corinthians
9 Bahia
10 Vasco DA Gama
11 Fortaleza EC
12 Goiás
13 Atletico-MG
14 Botafogo
15 Ceará
16 Fluminense
17 Cruzeiro
18 CSA
19 Chapecoense-sc
20 Avai
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
81 34 25 6 3 73 30 43 VVVEV
68 33 19 11 3 52 25 27 VVVEE
65 33 19 8 6 49 29 20 VVVVE
56 33 16 8 9 55 33 22 VVVVD
53 33 15 8 10 46 31 15 EVEVV
53 33 14 11 8 33 24 9 DVDDE
50 33 14 8 11 37 32 5 EDDVE
50 33 12 14 7 36 29 7 DDVEE
44 33 11 11 11 36 34 2 DEEDE
43 33 11 10 12 35 41 -6 DEDVE
42 33 12 6 15 42 44 -2 VEDVV
42 32 12 6 14 34 50 -16 DEVDD
41 33 11 8 14 39 44 -5 DEVEE
36 33 11 3 19 28 41 -13 DDDVD
36 33 10 6 17 32 33 -1 VDVDD
35 33 9 8 16 33 44 -11 DEVDE
35 32 7 14 11 26 36 -10 EVEEE
29 33 7 8 18 21 50 -29 VDDDD
25 33 5 10 18 26 48 -22 VDEDV
17 32 3 8 21 16 51 -35 DDDDD
Libertadores Pré-Libertadores Sul-Americana Rebaixados
vitoria empate derrota