22/6/2019 14:11

Os 10 episódios mais controversos da história do futebol brasileiro

(Foto: Antonio Scorza/GettyImages)


Alguns são sempre lembrados, outros acabam caindo no esquecimento. Mas o fato é que todos, de uma maneira ou outra, têm consequências. Então, o nosso papel, agora, é citar as dez principais controvérsias que fazem parte da trajetória do futebol brasileiro.

João Saldanha x Zagallo

João Saldanha seria o técnico do Brasil na Copa do 1970, mas ele se mostrou um forte contestador da política brasileira da época. E foi justamente uma pressão do presidente Emílio Médici que o derrubou. Foi então que o Velho Lobo assumiu para levar a seleção ao tricampeonato mundial.

A "pena" de Barbosa

O goleiro do Brasil na final da Copa de 1950, sofreu quase que um linchamento por conta da derrota frente ao Uruguai. Apontado como o principal responsável pelo fracasso do time, chegou a dizer que estava sendo colocado como um criminoso.

Pelé ou Edson?

Sempre que se fala em Pelé, se lembra do melhor jogador de todos os tempos. Sempre que se fala em Edson, se lembra de alguém que talvez tenha falado demais e se exposto a cargos que, talvez, não necessitasse. Valorizar ao máximo e desvalorizar na mesma medida é algo que parece fazer parte do cotidiano do brasileiro. Aliás, o povo adora isso...

A Copa João Havelange

Criada após o polêmico rebaixamento do Gama, em 1999, a competição foi realizada no ano 2000 para "acomodar as melancias", como se diz na gíria, e agradar a todos.

A pulada de divisão do Flu

Um time que conquista a Série C, como é de praxe, no ano seguinte participa da Série B. Pois o Fluminense, de 1999 para 2000, passou direto da terceira divisão nacional para a elite. Sim, é verdade.

O Brasileirão de 2005

O Campeonato Brasileiro de 2005 ficou marcado pelo escândalo de manipulação de resultados, tendo o árbitro Edilson Pereira de Carvalho como protagonista. E o que o STJD fez? Anulou todos os jogos apitados por ele, em uma manobra nunca antes vista. Até Alberto Dualib, presidente do Corinthians, que acabou ficando com o título, reconheceu posteriormente que o campeão de fato deveria ser o Inter.

O engodo da Primeira Liga

Competição criada para ser um divisor de águas no futebol brasileiro, não resistiu à disputa de poder político entre os clubes. O que era um fator de união, apenas gerou mais discórdias. Por óbvio, ela não durou muito e só teve uma edição, em 2017.

O vai e vem de Dunga

Considerado por muitos como o responsável pela queda da seleção brasileira na Copa de 1990, voltou com tudo para liderar o time no tetracampeonato, em 1994. Depois, em 1998, ainda participou de um Mundial no qual o Brasil foi à final. Mesmo sem ser treinador, acabou escolhido para comandar a equipe nacional em duas oportunidades (ciclo 2006-2010 e de 2014 a 2016). Mas as mágoas do passado, embora os bons resultados dentro de campo em um primeiro momento, sempre se fizeram presentes. Afinal, ele é um herói ou um vilão?

A CBF cheia de títulos, mas corrupta

Ricardo Teixeira, José Maria Marín, Marco Polo del Nero...se a CBF conseguiu títulos e ainda organizar uma Copa neste período, acabou tendo toda a sua podridão exposta para o mundo ver. Um presidente não se sabe ao certo onde está, outro foi preso nos Estados Unidos e o terceiro não pode sair do Brasil. Fica, então, a pergunta: o que é mais importante: se mostrar para o mundo ou manter a integridade do caráter?

Flamengo x Atlético-MG de 1981

Para fechar a lista, o jogo que é considerado o mais polêmico da história do futebol brasileiro. Válido como desempate da primeira fase da Libertadores daquele ano, o Galo viu o árbitro José Roberto Wright expulsar cinco de seus atletas. Para os atleticanos, "roubo" é a palavra que define esta situação.




Futebol Brasileiro, Clubes, CBF



VEJA: Clique aqui e veja as promoções que a Farelos Jurídicos preparou para você

LEIA TAMBÉM: Ganchos e Libertadores podem fazer Palmeiras voltar a dividir times

LEIA TAMBÉM: Convocado por Tite, Weverton briga para ser dono de recorde no Palmeiras

LEIA TAMBÉM: Torcedores do Bahia se unem e vão à Justiça contra Palmeiras e Allianz Parque por tela no setor visitante



960 visitas - Fonte: 90min

Mais notícias do Palmeiras

Notícias de contratações do Palmeiras
Notícias mais lidas

Roberto Tolin     

Existem as injustiças coletivas e as injustiças individuais, essas são as piores. Na minha opinião o caso do Barbosa e do Felipão. O Barbosa sofreu até o último dia de sua vida, sendo culpado pela derrota na final, como se ele fosse o único em campo, e o Felipão, marcado pelo 7 x 1, massacrado pela globo e a imprenssinha maldita que plantaram a semente da culpa e a grande torcida brasileira se incumbio de regar e fazer crescer, esquecendo de quem foi o último campeão Mundial.

Foi o time dos CUrintiÂNUS.

Começa com CU e termina com ÂNUS.

E o campeonato Paulista de 1977, esse foi o roubo mais descarado que ei vi no futebol. Adivinga qual foi o time que ganhou???????

agnaldo ferreira     

Pqp e o "mundial" dos malditos sem libertadores??

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.

Últimas notícias