15/7/2019 10:34

13 mil km em nove dias: Palmeiras inicia maratona de jogos fora de casa

Entre as duas próximas terças-feiras, o clube passará por Rio Grande do Sul, Ceará e Argentina para partidas decisivas pelas três competições que disputa na temporada

Após empatar por 1 a 1 diante do São Paulo, no sábado, no Morumbi, chegando a 33 jogos sem perder no Brasileiro, o elenco do Palmeiras ganhou folga no domingo e se reapresenta na tarde desta segunda-feira para um período cansativo. A partir desta terça-feira, o clube inicia uma maratona que o fará viajar por mais de 13 mil km em nove dias para disputar partidas decisivas das três competições em que segue vivo na temporada.



O elenco treina na Academia de Futebol na manhã de terça-feira e embarca para Porto Alegre, onde enfrenta o Inter na quarta-feira, pelas quartas de final da Copa do Brasil - se não perder, avança, já que venceu a ida por 1 a 0 no Allianz Parque, na semana passada. É o primeiro compromisso da maratona, e o imediatamente mais importante, pois define o destino do clube no torneio.
Deve treinar no Rio Grande do Sul na quinta-feira e ir a Fortaleza, sede do duelo de sábado contra o Ceará, defendendo a liderança do Campeonato Brasileiro. O time está em primeiro lugar com 26 pontos, três acima do Santos. Se os comandados de Felipão forem derrotados, perderão a ponta da tabela caso o Peixe vença o Botafogo, no domingo de manhã, superando, ainda, uma diferença que hoje é de dez gols no saldo (16 do Verdão, seis dos alvinegros).



A sequência em aeroportos se completa com a viagem mais longa, do Nordeste para a Argentina. No país vizinho, o Palmeiras abre os duelos pelas oitavas de final da Libertadores diante do Godoy Cruz, em Mendoza, no dia 23, com a missão de conseguir um resultado que, ao menos, não complique a tarefa no confronto de volta, no dia 30, no Allianz Parque. No dia 24, a delegação, finalmente, retornará para São Paulo.

O LANCE! chegou ao número de 13.100 km de viagem utilizando o Google Maps, saindo da Academia de Futebol para o Beira-Rio (cerca de 1.100 km), do Beira-Rio para o Castelão (3.800 km), do Castelão para o estádio Malvinas Argentinas (5.300 km) e do Malvinas Argentinas para a Academia de Futebol novamente (2.900 km). O compromisso seguinte do time, após a maratona, será contra o Vasco, no dia 27, já no Allianz Parque, pelo Brasileiro.

O Palmeiras ainda não divulgou detalhes, mas, dentro do rodízio de escalações, é bem provável que parte da delegação não passe por Fortaleza. Os principais jogadores poderiam continuar treinando em Porto Alegre, a 2.000 km do estádio Malvinas Argentinas, ou até mesmo voltarem a São Paulo (1.100 km de viagem) para trabalhar visando o Godoy Cruz e encarar os 2.900 km de viagem a Mendoza. A certeza é que um time misto enfrentará o Ceará no sábado.

- Não é fácil. Mas sabíamos disso desde a parada: em alguns momentos, terá acúmulo de jogos fora de casa, e jogos difíceis, decisões. Mas temos um grupo e estamos preparados, também com o suporte da diretoria e de todo o estafe para fazer a melhor programação possível. Sabemos que, dentro das dificuldades, o Palmeiras vai conseguir se organizar bem para fazermos grandes jogos fora de casa e conseguirmos nossos objetivos - disse Moisés.



VEJA: Clique aqui e veja as promoções que a Farelos Jurídicos preparou para você

LEIA TAMBÉM: Ganchos e Libertadores podem fazer Palmeiras voltar a dividir times

LEIA TAMBÉM: Convocado por Tite, Weverton briga para ser dono de recorde no Palmeiras

LEIA TAMBÉM: Torcedores do Bahia se unem e vão à Justiça contra Palmeiras e Allianz Parque por tela no setor visitante



906 visitas - Fonte: -

Mais notícias do Palmeiras

Notícias de contratações do Palmeiras
Notícias mais lidas

Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.

Últimas notícias