26/1/2020 12:02

Coração dividido: veja atletas que jogaram por Palmeiras e São Paulo

Equipes se enfrentam neste domingo (26), no conhecido clássico Choque-Rei, confira jogadores que podem ficar indecisos para quem torcer

Foto: Divulgação

Com São Paulo e Palmeiras se enfrentando pela 2ª rodada do Campeonato Paulista, neste domingo (26), alguns jogadores podem assistir o clássico e se sentir com coração dividido por lembrar da época que estiveram nas equipes, defendendo as cores dos dois times. Confira a seguir quem já vestiu a camisa de São Paulo e Palmeiras.

LEIA TAMBÉM: Luiz Adriano se recupera fisicamente e tenta mostrar seu valor em clássico



Darío Pereyra foi um zagueiro uruguaio, e é um dos grandes ídolos da história do São Paulo. Ele esteve no clube entre 1977 e 1988. Na temporada seguinte, após uma rápida passagem pelo futebol carioca, onde atuou no Flamengo, o defensor retornou para São Paulo, mas desta vez, para defender as cores palmeirenses. Porém, a passagem do zagueiro pelo time alviverde foi curta, e ele foi jogar no futebol japonês.

Muller foi revelado na equipe do São Paulo, equipe que em sua carreira teve três passagens. Ele foi por muitos anos o jogador com o maior número de títulos com a camisa são paulina. Mas ele também brilhou no Alviverde: em 1996, o atacante foi contratado pelo Palmeiras e fez parte do fantástico ataque do Verdão que marcou mais de cem gols no Paulistão daquela temporada.

Antonio Carlos defendeu as cores do São Paulo entre 1990 e 1992, e esteve no time alviverde durante 1993 e 1995. Inclusive, “Zago” chegou até treinar o Palmeiras na temporada de 2010.

Um dos maiores laterais da história do futebol e capitão do Penta da seleção brasileira, Cafú foi revelado pelo São Paulo. Pelo Tricolor Paulista jogou entre 1989 e 1994, quando foi vendido para o Zaragoza, clube da Espanha. Mesmo com uma clausula que o impedia de jogar no Brasil, após uma manobra do Verdão, o lateral chegou no Verdão, onde ficou entre 1995 e 1997. Assim, se tornou uma das contratações mais polêmicas envolvendo os dois clubes paulistas. Ele esteve com a equipe do São Paulo na Legends Cup, torneio que o Tricolor foi campeão.

O goleiro é um dos ídolos do São Paulo, e lembrado pelo torcedor por ter participado da fase mais vitoriosa da história do Tricolor, durante o comando de Telê Santana. Esteve com a camisa do São Paulo entre 1990 e 1997. Porém, o jogador se profissionalizou no Palmeiras, em 1986, e jogou no clube alviverde até 1989, quando se transferiu para o Tricolor Paulista.

Denilson é um dos mais conhecidos jogadores, o apresentador foi revelado pelo São Paulo, e esteve um tempo na Europa após ser vendido pelo Tricolor para o Real Bétis, equipe da Espanha. Ele jogou no São Paulo entre 1994 e 1998. Alguns anos depois, ele retornou para o Brasil para jogar pelo Palmeiras, onde foi campeão Paulista. Apesar de ter ficado magoado com o São Paulo pela venda durante alguns anos, Denilson mostra ter um carinho pelo Tricolor e chegou até participar da Legends Cup com time, torneio que se sagrou campeão.

Kleber Gladiador foi revelado pelo Tricolor Paulista em 2003, o atacante pouco jogou com a camisa do São Paulo, e passou um tempo jogando fora do Brasil. Quando voltou ao país em 2008, ele foi direto para o Palmeiras, onde logo se tornou um ídolo e criou uma certa rivalidade com o clube que o revelou.

Dodô era conhecido como “artilheiro dos gols bonitos”. Ele jogou no São Paulo entre 1995 a 1999, mas saiu de forma polêmica do clube do Morumbi. Por conta de desentendimentos com a torcida são paulina, o jogador foi contratado pelo Palmeiras e usou as cores alviverde entre 2002 e 2003. Sem conseguir jogar bem, ele acabou fazendo parte do time que foi rebaixado no Brasileirão de 2002.

Junior jogou no Palmeiras entre 1996 e 2000, fazendo parte do elenco campeão da Libertadores. Com uma passagem pela Europa, o lateral ídolo dos palmeirenses, retornou ao futebol paulista em 2004, mas desta vez, para vestir o manto são paulino. E mais uma vez ele brilhou, sendo campeão da Libertadores e Mundial pelo Tricolor em 2005. Assim é considerado um ídolo entre as duas torcidas.

Outro jogador que teve uma transferência conturbada envolvendo os dois clubes, Ilsinho foi revelado pelo Palmeiras. O lateral direito ficou durante dez anos na categoria de base do Verdão, mas teve um desentendimento com a diretoria palmeirense no início de 2006 e de fato pulou o muro, se transferindo para o rival São Paulo, onde foi campeão brasileiro de 2006 e jogou até 2007.


Palmeiras, Verdão, 2020, São Paulo




PALMEIRAS CAMPEÃO MUNDIAL? SÃO PAULO CAMPEÃO DA COPA DO BRASIL? PALPITES PARA O ANO DE 2020

LEIA TAMBÉM: Resumo de 2020: Palmeiras mantém consistência com quinta vitória

LEIA TAMBÉM: [COMENTE] Procurado pelo Athletico, para você, o Palmeiras deveria reabrir as negociações por Rony?

LEIA TAMBÉM: Após não acerto com Daniel Muñoz, Palmeiras surpreende e prepara oferta por lateral do Independiente


18255 visitas - Fonte: VerdaoWeb.com.br

Mais notícias do Palmeiras

Notícias de contratações do Palmeiras
Notícias mais lidas

Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.

Últimas notícias

Próximo Jogo - Paulista

Qui - 21:30 - Allianz Parque - Premiere
Palmeiras
Guarani

Último jogo - Paulista

Dom - 16:00 - Allianz Parque
Palmeiras
3 1
Mirassol
Untitled Document
Classificação
1 Flamengo
2 Santos
3 Palmeiras
4 Grêmio
5 Atletico Paranaense
6 São Paulo
7 Internacional
8 Corinthians
9 Fortaleza EC
10 Goiás
11 Bahia
12 Vasco DA Gama
13 Atletico-MG
14 Fluminense
15 Botafogo
16 Ceará
17 Cruzeiro
18 CSA
19 Chapecoense-sc
20 Avai
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
90 38 28 6 4 86 37 49 VVVVD
74 38 22 8 8 60 33 27 VDVDV
74 38 21 11 6 61 32 29 DDDVV
65 38 19 8 11 64 39 25 VDVVD
64 38 18 10 10 51 32 19 VVEVE
63 38 17 12 9 39 30 9 EVDVV
57 38 16 9 13 44 39 5 EDVDV
56 38 14 14 10 42 34 8 DVDVD
53 38 15 8 15 50 49 1 EVVEV
52 38 15 7 16 46 64 -18 VVDDV
49 38 12 13 13 44 43 1 DEVED
49 38 12 13 13 39 45 -6 EDVEE
48 38 13 9 16 45 49 -4 DEVVD
46 38 12 10 16 38 46 -8 VVEEV
43 38 13 4 21 31 45 -14 VVDDE
39 38 10 9 19 36 41 -5 EDEDE
36 38 7 15 16 27 46 -19 DDDDD
32 38 8 8 22 24 58 -34 DVDDD
32 38 7 11 20 31 52 -21 VDDVE
20 38 3 11 24 18 62 -44 DDEDE
Libertadores Pré-Libertadores Sul-Americana Rebaixados
vitoria empate derrota