Suspeito de Crime Contra Gabriela Anelli aguarda julgamento após 9 meses.

20/4/2024 04:39

Suspeito de Crime Contra Gabriela Anelli aguarda julgamento após 9 meses.

Tragédia marca clássico entre Palmeiras e Flamengo com morte de torcedora após confusão antes do jogo.

Suspeito de Crime Contra Gabriela Anelli aguarda julgamento após 9 meses.

Gabriela Anelli, torcedora do Palmeiras, morreu após confusão antes do clássico contra o Flamengo pelo Brasileirão de 2023. Palmeiras e Flamengo se reencontram no Allianz Parque para uma partida do Campeonato Brasileiro cerca de nove meses após o jogo marcado pela morte da palmeirense Gabriella Anelli, de 23 anos. O caso ainda corre no Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) e não há data para o julgamento de Jonathan Messias Santos, acusado de ter arremessado a garrafa que matou a jovem.

O advogado da família de Gabriela contesta a versão apresentada pela defesa de Jonathan, afirmando que as provas existentes até o momento apontam Jonathan como o responsável. Câmeras de segurança, sistema de reconhecimento facial do Allianz Parque e reconstituição 3D foram utilizados durante as investigações. Todas as provas colhidas até o momento, inclusive a pericial, deixam claro que o Jonathan é o responsável pelo arremesso da garrafa que vitimou fatalmente a Gabriela. A defesa de Jonathan afirma que não há justificativa para a prisão preventiva e que seu cliente é inocente, mas a existência de domicílio certo, de trabalho e de família não impede uma prisão preventiva, de acordo com especialistas em advocacia criminal.

Gabriela Anelli, torcedora do Palmeiras, morreu após confusão antes do clássico contra o Flamengo pelo Brasileirão de 2023
Imagem: Reprodução/Redes sociais

A mãe de Gabriela lamenta que o jogo deste domingo aconteça com presença de ambas as torcidas, considerando-o perturbador devido ao que aconteceu com sua filha. A defesa de Jonathan continua buscando a reforma da sentença de pronúncia por meio de recursos e aguarda julgamento do habeas corpus perante o STJ para análise do pedido de liberdade feito pela defesa técnica.

Enquanto isso, o TJ-SP informou que não há data para o julgamento de Jonathan, e a Secretaria de Segurança Pública disse que o caso foi investigado pelo DHPP e que os laudos elaborados pelo IC foram analisados e anexados ao inquérito policial. A busca por justiça no caso continua, enquanto a família de Gabriela Anelli espera que a condenação de Jonathan traga o sentimento de que a justiça foi feita, apesar de não trazer Gabriela de volta.







780 visitas - Fonte: -

Mais notícias do Palmeiras

Notícias de contratações do Palmeiras
Notícias mais lidas

Altino Lima     

Esse assassino tinha que ser punido com a pena de morte! É uma pena que no Brasil nao tenha essa sentença! As autoridades são contra....Esse sujeito tem que mofar na cadeia...vagabundo...

José Cândido     

esse assassino não está preso? aqui é Brasil pais desgovernado

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou .

Últimas notícias

publicidade

Libertadores

Qui - 19:00 - Allianz Parque -
X
Palmeiras
San Lorenzo

Copa do Brasil

Qui - 19:00 - Santa Cruz
0 X 0
Botafogo Sp
Palmeiras