Demissão de Carpini considerada "ridícula" por Diniz em defesa de técnicos brasileiros.

20/4/2024 21:06

Demissão de Carpini considerada "ridícula" por Diniz em defesa de técnicos brasileiros.

Fernando Diniz critica espaço dado aos técnicos estrangeiros e desvalorização dos profissionais brasileiros no futebol nacional.

Demissão de Carpini considerada

Fernando Diniz fechou a entrevista coletiva deste sábado (20) com um desabafo sobre a situação dos técnicos brasileiros e o espaço dado aos estrangeiros nos últimos anos. Após a vitória do Fluminense sobre o Vasco, no Maracanã , Diniz avaliou a demissão de Thiago Carpini no São Paulo como "ridícula" , reclamou da "moda" de se contratar apenas treinadores de fora e citou profissionais do Brasil que mereciam mais espaço no mercado. "Vocês [jornalistas] são os que mais batem em treinadores. Vai vir um monte de treinador estrangeiro e aqui a moda é o seguinte: vai vir, não vai ganhar e vai ser mandado embora. Quantos treinadores estrangeiros o Botafogo já teve? E o Cruzeiro ? Mesmo processo, o cara vem e perde... Achei ridículo o que aconteceu com o Carpini e também com os estrangeiros. Não é o brasileiro que não serve, ninguém serve. Só se ganhar", desabafou Diniz, que continuou a resposta. "O Abel não está aí há um monte de tempo porque é bom. Ele é bom mesmo, mas só está aí porque ganhou. E teve momentos que se não ganha uma ou outra Libertadores, tinha uma pressão e poderia ter algo diferente. Tem um monte de treinador brasileiro bom. Mas tem menos tempo. O Roger Machado, que é um excelente treinador, ficou um tempão fora do mercado. Zé Ricardo, Barroca, Vagner Mancini, todo mundo é bom treinador. Agora, a gente acha que só é bom quem ganha", criticou o comandante tricolor. Diniz ainda citou o caso de Bruno Lage, que em sua visão é um profissional de currículo vitorioso, mas que não teve tempo de implementar suas ideias. Ao contrário de Jorge Jesus, outro lembrado pelo técnico do Fluminense pelo trabalho de sucesso realizado no Flamengo . "O que veio para o Botafogo , Bruno Lage, é um excelente treinador. Tem mais currículo que muito treinador aqui. Mas entrou no meio da confusão, campeonato é difícil, não respeita muito o processo, perde e é mandado embora. Quem é bom? Jorge Jesus que é bom, porque ganhou um monte aqui. Mas quando voltou para o Benfica, foi mandado embora, agora está na Arábia Saudita. A gente não avalia conteúdo". O último estrangeiro a assumir um time da elite nacional foi o argentino Gabriel Milito, que herdou o emprego de Luiz Felipe Scolari no Atlético-MG . Luis Zubeldía será o próximo, assim que assinar contrato para dirigir o São Paulo na vaga de Carpini . Próximos jogos do Fluminense: Cerro Porteño (F): 25/04, 19h (de Brasília) - CONMEBOL Libertadores Corinthians (F): 28/04, 16h (de Brasília) - Brasileirão Sampaio Corrêa (F): 01/05, a definir - Copa do Brasil







654 visitas - Fonte: -

Mais notícias do Palmeiras

Notícias de contratações do Palmeiras
Notícias mais lidas

Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou .

Últimas notícias

publicidade

Libertadores

Qui - 19:00 - Allianz Parque -
X
Palmeiras
San Lorenzo

Copa do Brasil

Qui - 19:00 - Santa Cruz
0 X 0
Botafogo Sp
Palmeiras