Por que Palmeiras aceitou oferta por Dudu mesmo após veto de Abel?

17/6/2024 06:28

Por que Palmeiras aceitou oferta por Dudu mesmo após veto de Abel?

Por que Palmeiras aceitou oferta por Dudu mesmo após veto de Abel?

Dudu é considerado um dos maiores jogadores da história do Palmeiras, mas atacante e clube chegaram a dar sinal verde para uma transferência ao Cruzeiro que encerraria uma história de nove temporadas. Depois do anúncio da Raposa, porém, o camisa 7 avisou ao Verdão que deseja ficar.

A negociação chocou torcedores, tanto pelo interesse do atacante de 32 anos de idade em atuar por outra equipe no Brasil, quanto pela decisão do Verdão de aceitar uma proposta de 4 milhões de dólares (R$ 21,4 milhões), bem distante da multa rescisória, e contrariando a fala de Abel Ferreira, que vetou novas saídas no elenco.

O que fez Dudu querer a saída?

Alexandre Mattos, diretor de futebol do Cruzeiro, iniciou contatos mais concretos na quarta-feira com André Cury, empresário de Dudu, discutindo a possibilidade de uma oferta. Inicialmente, o dirigente não acreditava que o Palmeiras toparia vender um ídolo, mas recebeu a sinalização de que a hipótese não era descartada. Mattos então apresentou a Dudu e seu empresário um contrato de quatro anos, podendo chegar a cinco de acordo com metas esportivas. Os salários se aproximavam ao que o camisa 7 recebe no Palmeiras, mas seu vínculo atual acaba em janeiro de 2025, com a chance de renovar por mais um ano, também por metas.
Como a proposta do Cruzeiro era por um período mais longo, ele teria um contrato robusto para a reta final da carreira. Os números eram considerados muito sedutores. Além disso, Dudu vinha em reta final de recuperação de uma cirurgia no joelho e havia o temor de que não ser mais visto como peça importante para o time, algo que marcou sua trajetória no Verdão.
Ainda que ele e Abel Ferreira não tenham tido uma briga como chegou a se cogitar antes do jogo contra o Vasco, os dois não têm uma relação próxima.

Na diretoria, ele também tinha mais proximidade com o ex-presidente Maurício Galiotte, além do próprio Mattos. A partir do momento que as conversas com o Cruzeiro passaram a esquentar, ficou ainda a sensação de que o Palmeiras estava disposto a negociá-lo, apesar do discurso de que não aconteceriam mais vendas, reforçando a ideia de que não era mais tão importante. Com pessoas próximas que se mostravam contrárias à saída, Dudu passou a ter diversas reuniões a partir do anúncio.
Ele recebeu lideranças da Mancha Alviverde em sua casa e terminou o sábado avisando que iria pedir para permanecer no Verdão por sua história no clube. Ele repetiu este discurso no treino de domingo, para Abel Ferreira.



E por que o Palmeiras aceitou vendê-lo?

Na quinta-feira, após a vitória contra o Vasco, Abel Ferreira avisou que não venderia mais ninguém do elenco, apenas mediante o pagamento da multa rescisória. Um dia depois, o clube comunicou ao Cruzeiro que aceitava a oferta por Dudu, abaixo da cláusula para quebra do contrato. A primeira oferta da Raposa foi de 3 milhões de dólares (R$ 16 milhões), e o Palmeiras pediu 6 milhões de dólares (R$ 32,1 milhões). As partes chegaram a um acordo por 4 milhões de dólares (R$ 21,4 milhões).
Membros na diretoria argumentam que o Verdão não colocou Dudu no mercado e só aceitou vendê-lo por ter ouvido o pedido do jogador e seu empresário para que a transferência acontecesse.
Pessoas ligadas ao clube dizem que a negociação andou, mesmo depois da declaração de Abel, pelo primeiro sinal de que Dudu queria sair. Esta seria uma forma de respeitar seu desejo, por conta de sua história no Palmeiras.

Como nem Palmeiras nem Dudu se pronunciaram publicamente, a permanência por enquanto é vista apenas como tendência. O Cruzeiro, por sua vez, entende que chegou a um acerto com todas as partes e agora aguarda.
Alexandre Mattos já havia declarado que, se Dudu mudasse de ideia, o negócio seria desfeito, mas por enquanto o anúncio de acordo pela contratação permanece nas redes do clube. Para o jogador, a intenção agora é terminar de se recondicionar na Academia de Futebol e voltar a jogar pelo clube em que é vinculado desde 2015. Resta saber se os clubes não vão tentar retomar a negociação nos próximos dias.







11241 visitas - Fonte: -

Mais notícias do Palmeiras

Notícias de contratações do Palmeiras
Notícias mais lidas

Roberto Tolin     

O Dudu jogou toda sua história no lixo. Não vai ter mais respeito nem pela torcida do Palmeiras nem do Cruzeiro. conseguiu se queimar com os dois clubes. Lamentável uma atitude dessa. Onde o cara estava com a cabeça pra tomar uma atitude dessa?

Galileu Vitti     

quando o Dudu estava no Catar, por aqui o Palmeiras ganhou tudo, portanto deixa ele q vá e pronto.ficar de birra por isso não ajuda em nada.

madara costa     

José Romildo nosso não o seu o cara quer sair deixa sair palmeiras e gigante não precisa de máscarado nao

Mais uma vez, este site desinforma. O vínculo do Dudu com o Palmeiras se encerra em Janeiro/26, e não em Janeiro/25, como sempre, informado errado. E não há ninguém preocupado em consertar esse desserviço.

Alberto Rezende     

Idolo e Ademir e Marcos e Gustavo Gomes

Alberto Rezende     

Sem Dudu o Palmeiras ganhou Libertadores, ganhou paulista, ganhou brasileiro.

essa diretoria do palmeiras tá loca, e o Abel Ferreira não sabe parece da grandeza do Dudu no palmeiras caralho ele é o nosso ídolo.

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou .

Últimas notícias

publicidade

Brasileiro

Qui - 19:30 - Allianz Parque -
X
Palmeiras
Atletico Goianiense

Brasileiro

Dom - 18:30 - Allianz Parque
2 X 0
Palmeiras
Bahia