25/1/2020 17:33

Palmeiras x São Paulo: confira as informações, as curiosidades e o histórico do Choque-Rei

Pré-jogo: Palmeiras x São Paulo l Campeonato Paulista (2ª rodada)
Data e hora: 26/01/2020 l 16h
Local: Fonte Luminosa, em Araraquara (SP)
Transmissão: TV Globo (para SP, PR, DF e TO) e Premiere (para todo o Brasil)



LEIA TAMBÉM: Luxa comanda treino em Araraquara na véspera do Choque-Rei; veja provável escalação


Animado pela goleada por 4 a 0 sobre o Ituano na estreia, o Palmeiras encara seu primeiro clássico no Campeonato Paulista 2020 contra o São Paulo, neste domingo (26), às 16h, na Arena Fonte Luminosa, em Araraquara-SP (clique aqui para informações sobre ingressos). Invicto há nove jogos e quase três anos no Choque-Rei, o Verdão pode estabelecer um novo recorde histórico de invencibilidade contra o rival caso alcance dez partidas.

Na manhã deste sábado (25), no palco do confronto (pois a delegação veio para o interior paulista na noite de sexta, 24), o elenco alviverde encerrou a preparação para o clássico. O técnico Vanderlei Luxemburgo esboçou o provável time titular e realizou diversos ensaios e ajustes. Na parte final, alguns atletas aprimoraram ainda cobranças de faltas e pênaltis.

Com o bom resultado em Itu, construído com gols de Marcos Rocha, Lucas Lima, Zé Rafael e Willian, o Verdão largou na liderança da chave após a primeira rodada do Paulista, com três pontos – o Grêmio Novorizontino também tem três, mas dois gols a menos. O Alviverde está no grupo B da primeira fase ao lado de Novorizontino, Botafogo-SP e Santo André.

SÉRIE INVICTA CONTRA RIVAL PODE SE TORNAR A MAIOR DA HISTÓRIA

O Palmeiras não perde para o São Paulo há nove jogos, contando qualquer campeonato – o último revés aconteceu em 27/05/2017, pelo Campeonato Brasileiro, e, desde então, são seis vitórias e três empates, 16 gols marcados e apenas quatro sofridos. Esta já é a maior série invicta da história do Verdão contra o rival, ao lado de outra entre 1975 e 1977 (quatro vitórias e cinco empates). Dessa forma, se o Palmeiras vencer ou até mesmo empatar neste domingo, irá atingir inéditos dez jogos invictos e estabelecer um novo recorde.

O último Choque-Rei terminou em goleada alviverde no Allianz Parque. No dia 30/10/2019, pela 29ª rodada do Brasileirão, o Palmeiras venceu por 3 a 0, com gols de Bruno Henrique, Felipe Melo e Gustavo Scarpa. O duelo manteve o ótimo retrospecto alviverde em sua arena contra o rival: oito vitórias e um empate.

Já o último encontro entre os dois no interior de São Paulo também teve mando do Verdão. Foi disputado no estádio Eduardo José Farah, o Prudentão, em Presidente Prudente-SP, no dia 26/02/2012, pelo Campeonato Brasileiro. O confronto terminou empatado em 3 a 3 (Daniel Carvalho e Barcos, duas vezes, marcaram os gols palmeirenses).

Levando em consideração os últimos 20 duelos do Palmeiras como mandante no Choque-Rei, o retrospecto aponta 13 vitórias palestrinas, cinco empates e dois triunfos tricolores (42 gols pró e 15 gols sofridos).

EM PAULISTA, VERDÃO INVICTO HÁ 12 JOGOS – ÚLTIMA DERROTA FOI EM 2009

Considerando apenas Campeonato Paulista, a invencibilidade alviverde é ainda maior. A última derrota do Palmeiras para o São Paulo foi em 28/03/2009 e, desde então, foram 12 partidas, com sete vitórias e cinco empates.

RETROSPECTO GERAL DO CHOQUE-REI DESDE 1936 MOSTRA EQUILÍBRIO

Ao longo da história, Palmeiras e São Paulo já se enfrentaram 316 vezes, com 106 vitórias, 102 empates e 108 derrotas do Verdão. O Maior Campeão do Brasil marcou 412 gols e sofreu 408. Para efeito de estatísticas, o Palmeiras computa todo e qualquer embate entre os dois (incluindo o Torneio Início do Campeonato Paulista) desde 1936, ano da fundação do atual São Paulo Futebol Clube.

Números totais do clássico:
J: 316
V: 106
E: 102
D: 108
GP: 412
GC: 408

LUXEMBURGO LEVA VANTAGEM CONTRA RIVAL QUE MAIS ENFRENTOU

O São Paulo é o clube que Vanderlei Luxemburgo mais enfrentou no comando do Palmeiras: 24 vezes, contra 19 vezes do Santos, segundo colocado. E o retrospecto é positivo, com 10 vitórias, oito empates e seis derrotas. A primeira vez em que comandou o Verdão frente ao rival foi em 28/03/1993, no Torneio Ramón de Carranza, em Cádiz, na Espanha, com vitória por 2 a 1. Já a última partida do atual treinador palestrino diante do Tricolor foi em 24/05/2009, em um empate por 0 a 0 no Palestra Italia, pelo Brasileirão.

Tetracampeão paulista pelo Alviverde (1993, 1994, 1996 e 2008), Luxemburgo é o treinador que mais levantou canecos do Estadual pelo clube, ao lado de Oswaldo Brandão (que faturou os de 1947, 1959, 1972 e 1974). Ambos também são os maiores campeões da história do clube, com sete títulos cada um (Luxa soma os Brasileiros de 1993 e 1994 e o Rio-São Paulo de 1993, enquanto Brandão levou os Brasileiros de 1969, 1972 e 1973).

Com a vitória sobre o Ituano, inclusive, Luxa manteve a marca de 100% de aproveitamento em estreias do Paulista pelo clube: seis vitórias em seis jogos (em 1993, venceu o Rio Branco; em 1994 e 1996, bateu a Ferroviária; em 2008, superou o Sertãozinho; e em 2009, ganhou do Santo André).

Retrospecto de Luxemburgo em clássicos*:
J: 59
V: 28
E: 16
D: 15

* jogos contra São Paulo, Corinthians e Santos

Retrospecto de Luxemburgo no Choque-Rei:
J: 24
V: 10
E: 8
D: 6

PALMEIRAS JÁ ENTROU EM CAMPO 60 VEZES EM ARARAQUARA

O retrospecto do Palmeiras em Araraquara é animador: são exatos 60 jogos disputados na cidade, com 31 vitórias, 18 empates e 11 derrotas (122 gols marcados e 66 sofridos). O último jogo do Verdão na cidade foi também na Arena Fonte Luminosa, contra o Linense, pelo Paulista de 2017 – o Palmeiras venceu por 4 a 0 com gols de Willian, Raphael Veiga, Michel Bastos e Lucas Barrios.

Retrospecto Geral no Campeonato Paulista:

2491 jogos, 1402 vitórias, 603 empates, 486 derrotas, 4967 gols marcados e 2613 gols sofridos

>>> Faltam 9 jogos para a marca de 2.500 partidas pelo Estadual e faltam 33 gols para a marca de 5.000 bolas na rede

NÚMEROS GERAIS NA TEMPORADA
J: 3
V: 2
E: 1
D: 0
GP: 6
GC: 1

NÚMEROS SÓ NO PAULISTA
J: 1
V: 1
E: 0
D: 0
GP: 4
GC: 0

NÚMEROS SÓ EM AMISTOSOS
J: 2
V: 1
E: 1
D: 0
GP: 2
GC: 1

GABRIEL MENINO DEFENDE BOM HISTÓRICO CONTRA O RIVAL NA BASE

Recém-promovido ao elenco principal, o volante Gabriel Menino tem bom histórico contra o São Paulo. O volante de 19 anos anotou três gols em seis jogos contra o rival pela categoria Sub-20, dois deles nas semifinais do Paulista Sub-20 de 2019, conquistado pelo Verdão no último mês de novembro. Em 03/11, ele fez o gol da vitória por 1 a 0 no jogo de ida, no Morumbi. Na partida volta, dia 11/11, no Pacaembu, anotou o gol de empate em 1 a 1, classificando o Verdão para a decisão contra o Red Bull.

Titular contra o Ituano na quarta-feira (22), Menino fez sua terceira partida pelo time principal do Verdão – a segunda seguida como titular. Dentre atletas oriundos da base, é o primeiro caso de jogador que atinge uma sequência de titularidade no time profissional desde o zagueiro Thiago Martins, em 2018.

DUDU É O ARTILHEIRO DO ATUAL ELENCO EM CLÁSSICOS

Dos jogadores do atual plantel, Dudu foi quem mais disputou e quem mais fez gols em clássicos. O camisa 7 já jogou 51 partidas (23 vitórias, 10 empates e 18 derrotas) contra os três principais rivais: foram, ao todo, 10 gols e 15 assistências. Considerando somente os jogos contra o clube do Morumbi, são 15 jogos com dez vitórias, três empates e apenas duas derrotas, além de quatro gols – sendo um deles o golaço de cobertura histórico pelo Paulista de 2017, quase do meio de campo do Allianz Parque.

Com 68 gols, o atacante já é o maior artilheiro do clube no século 21, à frente de Vágner Love, com 54. No ranking geral da história alviverde, é o 32º colocado três atrás de Nei, 31º com 71 gols – líder é Heitor Marcelino Domingues, com 317 gols. O craque está perto de alcançar a expressiva marca de 300 jogos pelo Verdão: são atualmente 296 jogos, que o coloca entre os 35 atletas que mais entraram em campo pelo Palmeiras na história (e o segundo no século 21, atrás apenas de Marcos, com 392 jogos).

WILLIAN REENCONTRA SUA MAIOR VÍTIMA PELO PALMEIRAS

Willian reencontrará neste domingo sua maior vítima com a camisa do Palmeiras. Desde que chegou ao Verdão, em 2017, o camisa 29 disputou oito jogos contra o São Paulo, marcou quatro gols e deu uma assistência. Ele também tem um retrospecto positivo contra o adversário: seis vitórias, um empate e apenas uma derrota no Choque-Rei.

Willian é o vice-artilheiro do atual elenco em clássicos, com seis gols (os quatro contra o São Paulo e dois sobre o Santos), atrás apenas de Dudu (10). No total, com o gol marcado sobre o Ituano, ele chegou a 40 pelo clube e se isolou na 4ª colocação dos maiores artilheiros do Verdão neste século (antes, dividia posição com Kleber Gladiador, com 39). Agora, o atacante está a apenas um gol de igualar Valdivia (41). Os dois primeiros são Dudu (68) e Vagner Love (54).

LUCAS LIMA TEM SEIS PARTIDAS SEGUIDAS E DOIS GOLS NOS ÚLTIMOS DOIS JOGOS

Lucas Lima marcou contra o Ituano seu segundo gol na temporada e o nono pelo Palmeiras. Ao todo, são 110 partidas disputadas – 68 vitórias, 26 empates e 16 derrotas. Pela primeira vez desde junho de 2019, o camisa 20 completou seis partidas seguidas entre os titulares: foram os três últimos jogos de 2019 (diante do Flamengo, Goiás e Cruzeiro, pelo Brasileirão) e agora os três deste ano (Atlético Nacional-COL e New York City-EUA, pela Florida Cup, e Ituano). A última grande sequência havia sido de maio a julho do ano passado, com oito jogos consecutivos.

MARCOS ROCHA MARCOU O PRIMEIRO GOL DO ANO EM COMPETIÇÕES

Marcos Rocha foi um dos destaques da estreia do Verdão no Campeonato Paulista, com um gol (o primeiro do Verdão em 2020 em jogo de campeonato) e uma assistência contra o Ituano. Perto do centésimo jogo com a camisa do clube (atualmente está com 95), o lateral-direito soma cinco tentos – em todas as vezes, inclusive, o time saiu vencedor: em 06/05/2018, contra o Atlético-PR (3 a 1 pelo Brasileirão, na Arena da Baixada); em 06/03/2019, diante do Junior Barranquilla-COL (2 a 0 pela Libertadores, em Barranquilla); em 28/04/2019, sobre o Fortaleza (4 a 0 pelo Brasileirão, no Allianz Parque); e em 02/06/2019, contra a Chapecoense (2 a 1 pelo Brasileirão, na Arena Condá).

Além do gol, o lateral deu a assistência para o gol de Zé Rafael diante do Ituano – neste quesito, está atrás apenas do próprio Zé Rafael, com duas (ambas para Willian, contra o New York City-EUA, pela Florida Cup, e contra o Ituano).

Em 2019, Marcos Rocha já havia dado sete passes para gols, atrás apenas de Gustavo Scarpa (com oito) e Dudu (com 18) na temporada inteira. No Brasileiro do ano passado, Rocha foi ainda top 1 do torneio em desarmes certos (com 103).



NÚMEROS INDIVIDUAIS NA TEMPORADA

Atletas com mais jogos disputados: Weverton, Goméz, Felipe Melo, Marcos Rocha, Victor Luis, Gabriel Menino, Ramires, Raphael Veiga, Lucas Lima, Zé Rafael, Dudu, Gabriel Veron, Luiz Adriano e Willian (3).

Gols marcados: Lucas Lima e Willian (2); Marcos Rocha e Zé Rafael (1).

Assistências: Zé Rafael (2); Dudu e Marcos Rocha (1).


Palmeiras, Retrospecto, Choque-Rei, Paulistão, Verdão





LEIA TAMBÉM:Mais um empate! Torcida vai as redes sociais para criticar Luxemburgo

LEIA TAMBÉM:"Sacanagem" e "falta de respeito", Felipe Melo critica polêmica

LEIA TAMBÉM:Palmeiras 1 x 1 Flamengo: Após polêmicas e batalha na justiça, Verdão empata em casa


1932 visitas - Fonte: palmeiras.com.br

Mais notícias do Palmeiras

Notícias de contratações do Palmeiras
Notícias mais lidas

Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou .

Últimas notícias

Próximo Jogo - Libertadores

Qua - 19:15 - Alliaz Parque - FoxSports
Palmeiras
Bolívar

Último jogo - Brasileiro

Dom - 16:00 - Allianz Parque - SP
Palmeiras
1 1
Flamengo
Untitled Document
Classificação
1 Internacional
2 Atletico-MG
3 São Paulo
4 Vasco DA Gama
5 Flamengo
6 Palmeiras
7 Santos
8 Fluminense
9 Ceará
10 Fortaleza EC
11 Corinthians
12 Atletico Goianiense
13 Grêmio
14 Atletico Paranaense
15 Sport Recife
16 Bahia
17 Botafogo
18 Goiás
19 Coritiba
20 Bragantino
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
20 10 6 2 2 15 6 9 VEEVD
18 9 6 0 3 14 9 5 DVVDV
18 10 5 3 2 13 11 2 VDVEE
17 9 5 2 2 15 9 6 DEVDV
17 10 5 2 3 13 13 0 VVVVD
17 9 4 5 0 13 8 5 EEVVE
15 10 4 3 3 14 12 2 DEVVE
14 10 4 2 4 12 13 -1 VEDDV
13 10 4 1 5 10 12 -2 VVDDV
12 10 3 3 4 10 9 1 VDDVE
12 10 3 3 4 15 16 -1 VEDDV
12 9 3 3 3 9 11 -2 DEEVV
12 9 2 6 1 8 6 2 EDEVE
11 10 3 2 5 8 10 -2 DEDEV
11 10 3 2 5 10 13 -3 DVVDE
9 10 2 3 5 12 18 -6 DEDDD
9 9 1 6 2 9 11 -2 DEEED
8 8 2 2 4 11 13 -2 VDDEV
8 10 2 2 6 7 12 -5 VEDED
7 10 1 4 5 10 16 -6 DEDED
Untitled Document
Classificação
1 Santo André
2 Palmeiras
3 Novorizontino
4 Botafogo SP
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
19 10 6 1 3 12 9 3
19 10 5 4 1 15 4 11
16 10 3 7 0 9 4 5
8 10 2 2 6 7 21 -14
Libertadores Pré-Libertadores Sul-Americana Rebaixados
vitoria empate derrota