16/9/2014 15:15

Brunoro contesta Kardec: 'Se tivesse esse amor todo, abriria mão de R$ 5 mil'

Agora no São Paulo, atacante diz que pechincha do Palmeiras na negociação para renovar contrato 'doeu'. Diretor-executivo do Alviverde diz ainda que sofreu com o 'caso Barcos'

Brunoro diz que 'caso Barcos' marcou sua vida (Foto: Reginaldo Castro/LANCE!Press)

O atacante Alan Kardec, hoje no São Paulo, reafirmou na noite de segunda-feira que gostaria de permanecer no Palmeiras e que a "pechincha" do clube na negociação para renovar seu contrato o deixou magoado - a diferença final era de R$ 5 mil. Nesta terça, o diretor-executivo José Carlos Brunoro contestou as declarações:

- Em um contrato de quatro anos, ele não poderia abrir mão de R$ 5 mil se gostasse do Palmeiras? Não é uma quantia grande nem para ele e nem para o Palmeiras. E ele não nos deu a última palavra. Na última proposta, havia um montante X.

Perguntamos se abririam mão de 50% desse montante. Não retornaram. Um atleta como o Alan abriria mão desse montante se tivesse esse amor todo pelo Palmeiras - declarou o dirigente, à Rádio Jovem Pan.

A redução de 50% citada por Brunoro era no valor das luvas pedidas pelo atacante. Em relação ao valor fixo de salários, Kardec aceitou uma oferta de R$ 220 mil, mas o clube mudou o valor para R$ 215 mil e irritou de vez o pai do atacante, que também é seu empresário. Kardec estava emprestado pelo Benfica (POR) até o meio do ano, e o Verdão iria comprá-lo. Com a falta de acerto, foi o rival quem adquiriu os direitos.

- Senti muito pela postura do Alan, porque a gente recuperou o jogador. E se ele fala R$ 5 mil, poderia abrir mão também - acrescentou.

- Não foi uma vez, foram três vezes. Ofereceram X e foi aceito. Em uma nova reunião, abaixaram e estaria fechado. Fomos para casa e depois, em uma nova reunião, teve outra redução. Isso chateou. É a maneira como foi tratado. No meio de uma negociação, veio uma pessoa e disse que estavam tentando trazer o Pratto (do Vélez). Ele está falando que está tentando trazer um cara para a minha posição, para ganhar muito mais do que estou pedindo, e estou aceitando receber aquilo que combinamos? Não foi uma vez aquela situação, foram três vezes. Isso chateou muito, doeu - explicou Kardec, ao Sportv.

Caso Barcos

Outro centroavante que deixou o Palmeiras nesta gestão foi o argentino Hernán Barcos, vendido ao Grêmio em fevereiro de 2013, poucos dias após Paulo Nobre ser eleito presidente.
Brunoro, que coordenou aquela negociação, diz que sofreu:

- Foi a coisa com que mais sofri na minha vida, porque era ídolo do Palmeiras. Estávamos com quatro meses de fundo de garantia atrasado, salário atrasado e ele dizendo que não queria jogar a Série B. O que o Palmeiras podia fazer? Eu sabia o quanto ele era importante para a torcida, mas o Palmeiras tinha que tomar uma postura, porque podia perder o jogador a qualquer momento - defendeu-se.

Além de uma compensação financeira, o clube recebeu em troca o zagueiro Vilson, o volante Léo Gago, o meia Rondinelly e o atacante Leandro - só o último segue no clube, porque foi comprado por cerca de R$ 8 milhões em janeiro. O acordo previa um quinto jogador gremista por empréstimo, mas o negócio foi modificado:

- Era para ser o Marcelo Moreno (hoje no Cruzeiro), mas ele não quis vir e ficamos com 15% dos direitos econômicos. Quando for vendido, a gente recebe - completou Brunoro.




LEIA TAMBÉM: MONTE SUA ESCALAÇÃO! Como você entraria para a partida contra o São Paulo?




2610 visitas - Fonte: LanceNet!

Mais notícias do Palmeiras

Notícias de contratações do Palmeiras
Notícias mais lidas

Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou .

Últimas notícias

Próximo Jogo - Brasileiro

Sáb - 19:00 - Morumbi - Premiere
São Paulo
Palmeiras

Último jogo - Brasileiro

Sáb - 19:00 - Allianz Parque
Palmeiras
1 0
Fluminense
Untitled Document
Classificação
1 Palmeiras
2 Atletico-MG
3 Fortaleza EC
4 RB Bragantino
5 Atletico Paranaense
6 Flamengo
7 Ceará
8 Atletico Goianiense
9 Bahia
10 Corinthians
11 Fluminense
12 Santos
13 Juventude
14 Internacional
15 Cuiaba
16 Sport Recife
17 São Paulo
18 America Mineiro
19 Grêmio
20 Chapecoense-sc
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
31 13 10 1 2 25 12 13 VVVVV
28 13 9 1 3 19 10 9 VVVVV
27 13 8 3 2 21 9 12 DVVVV
24 13 6 6 1 24 16 8 VEEED
23 12 7 2 3 21 13 8 VDEDV
21 11 7 0 4 22 10 12 DDVVV
19 13 4 7 2 14 12 2 VEEVE
18 13 5 3 5 11 14 -3 EEDDV
17 13 5 2 6 18 22 -4 VVDDD
17 13 4 5 4 11 11 0 EVDDV
17 13 4 5 4 10 12 -2 VEVDD
16 13 4 4 5 15 16 -1 DVDED
16 13 4 4 5 9 14 -5 DDEDV
14 13 3 5 5 12 18 -6 EDEVD
12 12 2 6 4 13 16 -3 EEVVD
11 13 2 5 6 7 11 -4 DEDVE
11 13 2 5 6 9 17 -8 DVVDD
10 13 2 4 7 10 18 -8 VDDDE
7 11 1 4 6 6 13 -7 DDEVE
4 13 0 4 9 11 24 -13 DDDDD
Libertadores Pré-Libertadores Sul-Americana Rebaixados
vitoria empate derrota
Untitled Document
Classificação
1 Bragantino
2 Palmeiras
3 Novorizontino
4 Ituano
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
23 12 6 5 1 15 7 8 VVEEE
21 12 6 3 3 18 10 8 DDVVV
19 12 5 4 3 17 12 5 VEDED
13 12 4 1 7 10 14 -4 DVVDD
Untitled Document
Classificação
1 Palmeiras
2 Defensa Y Justicia
3 Independiente Del Valle
4 Universitario
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
9 3 3 0 0 10 3 7 VVV
4 3 1 1 1 5 3 2 EVD
1 2 0 1 1 1 6 -5 ED
0 2 0 0 2 2 6 -4 DD