17/9/2014 07:33

"Não preciso arrumar desculpas para uma possível saída", diz Wesley

Volante usa rede social para dar sua versão sobre o caso de suposta agressão de torcedor - relato confirmado tanto pelo clube quanto pelo estafe do jogador

Wesley, volante do Palmeiras (Foto: Marcos Ribolli)

Horas depois de o GloboEsporte.com publicar a informação de que Wesley disse à diretoria palmeirense ter sido agredido por um torcedor há pouco mais de um mês - relato confirmado pela assessoria de imprensa do Palmeiras e também por membros do estafe do próprio volante -, o jogador usou uma rede social para se manifestar. Ele fala em "inverdades e fatos distorcidos" e afirma que não precisa "arrumar desculpas para uma possível saída". Vale ressaltar que o termo "agressão" foi usado pela assessoria de imprensa do Palmeiras, e que o estafe do volante fala em "entrevero".

- Bom, gente, venho aqui esclarecer algumas coisas que andam publicando ao meu respeito, algumas inverdades e fatos distorcidos. Quero deixar bem claro que aonde passei nunca tive problemas individuais e muito menos com os grupos dos quais trabalhei. Agora vieram com mais essa história de agressão. Bom, eu nunca me pronunciei e sempre fiquei quieto para não criar tumulto em torno disso e vir a prejudicar a equipe. Tenho um carinho e respeito muito grande pelo Palmeiras, por isso vim aqui falar principalmente a toda nação palmeirense que tudo isso vai ser bem esclarecido. Não preciso arrumar desculpas para uma possível saída. Hoje estou focado na minha recuperação para poder ajudar o quanto antes, porque o Palmeiras é muito grande para nos deixar abater nesses pequenos detalhes. Boa noite - disse Wesley, em depoimento no Instagram.

Entenda o caso

Wesley procurou a diretoria do Palmeiras para relatar uma suposta agressão por parte de um membro de uma torcida organizada, em frente ao prédio dele, em São Paulo. O caso teria ocorrido há mais de um mês, segundo o jogador, mas o relato foi feito duas semanas depois. Por conta da demora e da falta de provas - não há, por exemplo, um Boletim de Ocorrência -, dirigentes do Verdão suspeitam que Wesley esteja "forçando a barra" para sair. O contrato dele termina em fevereiro.

Procurada, a diretoria do Palmeiras, via assessoria de imprensa, confirma ter ouvido de Wesley a história de que ele foi agredido por um membro de uma organizada - o diretor executivo José Carlos Brunoro foi quem ouviu do jogador o relato da agressão.

Em off - ou seja, com a condição de que não fosse identificado na reportagem -, outro dirigente disse duvidar da versão do volante, afirmando que ele estaria usando isso como desculpa para não aceitar a proposta palmeirense de renovação, preparando o terreno para sua saída do clube.

O dirigente salienta que Wesley levou o caso à tona justamente ao ser cobrado por Brunoro sobre uma resposta para a oferta de prorrogação do vínculo. Brunoro, aliás, chegou a perguntar se Wesley poderia identificar quem o agrediu, e o volante respondeu que não queria mais tocar no assunto.

Também em off, uma pessoa do estafe de Wesley usou a palavra "entrevero" para se referir ao ocorrido, negando que tenha havido uma "agressão de fato". Segundo a fonte, o volante "levou uma prensa" de um torcedor.

A renovação de contrato é vista como improvável tanto pelo Palmeiras como pelo estafe do jogador. Com uma lesão na coxa, Wesley não joga desde o fim de agosto e até já poderia assinar com outro clube. O Palmeiras tentou abrir negociação para renovação, mas encontrou resistência. Em entrevista à rádio Jovem Pan, o diretor executivo José Carlos Brunoro cobrou uma resposta de Wesley sobre a oferta para prorrogação do vínculo, mas o empresário do jogador, Antonio Bahia, rebateu, deixando claro não ter pressa para acertar com o Verdão. O São Paulo seria um dos clubes interessados no volante.



LEIA TAMBÉM: Veja por que o Palmeiras vê com bons olhos Borja no Grêmio




33759 visitas - Fonte: Globoesporte

Mais notícias do Palmeiras

Notícias de contratações do Palmeiras
Notícias mais lidas

Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou .

Últimas notícias

Próximo Jogo - Brasileiro

Sáb - 19:00 - Morumbi - Premiere
São Paulo
Palmeiras

Último jogo - Brasileiro

Sáb - 19:00 - Allianz Parque
Palmeiras
1 0
Fluminense
Untitled Document
Classificação
1 Palmeiras
2 Atletico-MG
3 Fortaleza EC
4 RB Bragantino
5 Atletico Paranaense
6 Flamengo
7 Ceará
8 Atletico Goianiense
9 Bahia
10 Corinthians
11 Fluminense
12 Santos
13 Juventude
14 Internacional
15 Cuiaba
16 São Paulo
17 Sport Recife
18 America Mineiro
19 Grêmio
20 Chapecoense-sc
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
32 14 10 2 2 25 12 13 VVVVE
28 13 9 1 3 19 10 9 VVVVV
27 13 8 3 2 21 9 12 DVVVV
27 14 7 6 1 25 16 9 EEEDV
23 12 7 2 3 21 13 8 VDEDV
21 11 7 0 4 22 10 12 DDVVV
19 13 4 7 2 14 12 2 VEEVE
18 13 5 3 5 11 14 -3 EEDDV
17 13 5 2 6 18 22 -4 VVDDD
17 13 4 5 4 11 11 0 EVDDV
17 13 4 5 4 10 12 -2 VEVDD
16 13 4 4 5 15 16 -1 DVDED
16 13 4 4 5 9 14 -5 DDEDV
15 14 3 6 5 12 18 -6 DEVDE
13 13 2 7 4 13 16 -3 EVVDE
12 14 2 6 6 9 17 -8 VVDDE
11 13 2 5 6 7 11 -4 DEDVE
10 13 2 4 7 10 18 -8 VDDDE
7 12 1 4 7 6 14 -8 DEVED
4 13 0 4 9 11 24 -13 DDDDD
Libertadores Pré-Libertadores Sul-Americana Rebaixados
vitoria empate derrota
Untitled Document
Classificação
1 Bragantino
2 Palmeiras
3 Novorizontino
4 Ituano
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
23 12 6 5 1 15 7 8 VVEEE
21 12 6 3 3 18 10 8 DDVVV
19 12 5 4 3 17 12 5 VEDED
13 12 4 1 7 10 14 -4 DVVDD
Untitled Document
Classificação
1 Palmeiras
2 Defensa Y Justicia
3 Independiente Del Valle
4 Universitario
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
9 3 3 0 0 10 3 7 VVV
4 3 1 1 1 5 3 2 EVD
1 2 0 1 1 1 6 -5 ED
0 2 0 0 2 2 6 -4 DD