23/9/2014 13:57

[OFF] Boleiros x mídia: Leifert, Galvão e 17 brigas inesquecíveis

O atacante Rafael Moura surpreendeu na segunda-feira ao criticar a narração do locutor da Rádio Gaúcha, Luís Augusto Alano, no jogo entre Internacional e Atlético-PR. Mas a atitude dele não foi uma grande novidade: diversos outros jogadores e treinadores já brigaram com membros importantes da mídia esportiva, como Galvão Bueno, Paulo Vinicius Coelho e Milton Neves. Os casos incluem xingamentos, ações na Justiça e até agressões.

Durante as entrevistas coletivas, é muito comum ouvir perguntas polêmicas e respostas agressivas, principalmente quando envolvem os técnicos. Mas nem sempre isso gera discussões públicas. Quando a briga acontece, com trocas de respostas e até ameaças, o fato chama atenção e dificilmente é esquecido.

Relembre Leifert x Valdivia, Galvão Bueno x Roberto Carlos e mais 17 brigas inesquecíveis entre jogadores, técnicos e profissionais da mídia esportiva:

Ronaldo Giovanelli x Flávio Prado

Quando era goleiro, Ronaldo sempre foi bastante polêmico. Na verdade essa discussão começou entre ele e o repórter Luiz Carlos Quartarollo. Porém, Flávio resolveu defender o companheiro de profissão e, formado em Direito, até ameaçou processar Ronaldo. Porém, a ideia não foi para frente e o episódio foi superado.

Neto Berola x Bob Faria/Lélio Gustavo

Criticado com frequência pelo comentarista Bob Faria, Neto Berola extrapolou nas redes sociais ao marcar um gol e dar uma assistência nas semifinais do Campeonato Mineiro de 2014. “Chupaaaaaa Bob m... Faria! Só sabe cornetar, so pq não pago pra falar bem de mim, agora vc vai ter motivos pra poder falar mal de mim seu Ma...... do car...! Aqui é Galo e pode torcer contra!”

A resposta veio por meio de um colega de Bob Faria: o jornalista Lélio Gustavo, da TV BH News e na época da Rádio Itatiaia. “Ô Neto Berola, jogadorzinho de quinta categoria, fica na sua, jogadorzinho de m.... Para falar de companheiro meu de imprensa, você tem que chegar à Seleção Brasileira pelo menos. Seu cocô, seu b.... Você é um b.. rapaz, você é um b..., um nada, um b... Você não presta, você é um péssimo jogador, você é um péssimo jogador, cocô. Não aguenta jogar 90 minutos, não exerce bem o que você tem que fazer. Para falar de companheiro meu da imprensa você tem que nascer de novo rapaz". Lélio foi demitido da Rádio Itatiaia. Crédito da foto:(Crédito da foto: Ramon Bittencourt/Agência Lance)


Roque Júnior x Galvão Bueno

A discussão aconteceu em 2005. Assim como Rafael Moura, Roque Júnior se irritou com uma narração. Ele entendeu que Galvão fez críticas em tom de perseguição em um jogo entre Brasil e Alemanha.

A atitude de Roque não foi divulgar uma nota, mas sim falar diretamente com Galvão durante um treino. Pediu que locutor "o respeitasse como homem e como profissional".

Na época, Galvão tratou de abafar o caso e se defender: "isso é bobagem, Roque Júnior, você é campeão do mundo. Quando eu te elogio, você não vem falar comigo".Crédito da foto: Divulgação


Roberto Carlos x Galvão Bueno

O problema entre os dois começou na Copa de 1998 e se agravou no Mundial de 2006. Primeiro porque Galvão criticou o lateral na final contra a França, destacando que o jogador cedeu o escanteio que virou gol de Zidane logo depois. "Essa gracinha que às vezes custa. Olha o que aconteceu! Olha o que aconteceu!", narrou.Em 2006, novo duelo entre Brasil e França, novo gol em bola parada: Galvão narrou que Roberto Carlos falhou ao não marcar Thierry Henry e ficar arrumando o meião. "É a maior babaquice. É a maior mentira que existe no mundo do futebol", decretou ele recentemente, em entrevista à Globo.

Rogério Ceni X Milly Lacombe

(Crédito da foto: Getty Images)

Foi uma discussão marcante. Em 2006, a comentarista Milly Lacombe, durante programa no Sportv, detonou Rogério Ceni por diversos motivos. Criticou as atuações, a técnica dele e afirmou que ele tem um "discurso dissimulado". Mas o problema surgiu mesmo quando ela fez uma denúncia.

"Não consigo, por exemplo, olhar para o Rogério e deixar de lembrar de quando ele falsificou a assinatura do Arsenal porque queria aumento no São Paulo", afirmou Milly.

Ceni soube do comentário, ligou para o canal e discutiu com Milly ao vivo. Nem quis dar explicações e apenas detonou o comentário de Milly, que ainda tentou recuar, mas já era tarde: o goleiro entrou com uma ação na Justiça e ganhou uma indenização, além da retratação pública e em juízo de Milly.


Marcos x Neto

Em 2010, após derrota do Palmeiras para o Santo André, Marcos ameaçou se aposentar. O comentarista Neto se incomodou e afirmou que o goleiro não deveria fazer isso a cada falha, pois estava cansado de defendê-lo nas transmissões.

Dias depois, Marcos teve a oportunidade de se defender na Rádio Bandeirantes e mandou um recado: afirmou que nunca pediu para Neto o defender e até chamou o comentarista de mau caráter, por ter cuspido no juiz José Aparecido de Oliveira quando era jogador.


Felipe Melo x PVC

(Crédito da foto: Twitter/ @pvcespn/ Reprodução)

Antes da Copa do Mundo de 2010, Paulo Vinicius Coelho disse que Felipe Melo fez um campeonato ruim na temporada de 2009/2010, pela Juventus. O volante se irritou com a análise, se defendeu e até questionou se PVC era jornalista.

Porém, não demorou para que Felipe se retratasse, pedisse desculpas e explicasse que, naquela hora, por ter sido convocado para Copa do Mundo, ficou incomodado com a pergunta.
(Crédito da foto: Reprodução)

Hernán Barcos x Léo Bianchi



Assim que chegou ao Brasil, o argentino chamou atenção pela semelhança com o cantor Zé Ramalho. Seus companheiros o apelidaram assim, mas o problema surgiu quando o repórter Léo Bianchi quis fazer a brincadeira, inclusive mostrando uma foto do cantor para o atacante.

Barcos não brincou: "filho da p... Não estamos aqui para brincadeira, não interessa se pareço ou não. Estamos falando de futebol. Não fico bravo (com companheiros), mas me parece pouco sério da sua parte",

Carlos Alberto x Luis Henrique Benfica

Foi uma discussão quente durante uma entrevista coletiva em Porto Alegre, em 2011, quando Carlos Alberto jogava pelo Grêmio. O meia vivia problemas pessoais e foi perguntado sobre a fama de "bad boy".Carlos Alberto entendeu que Luis o estava chamando de "bad boy" e passou a apontar o dedo e criticar o jornalista. A entrevista foi interrompida e Carlos Alberto saiu deixando uma ameaça: "não vou falar com você, se não eu vou passar do respeito de homem para homem e você não vai aguentar".

Herrera x Marco Aurélio Souza

pós fazer três gols em um jogo contra o São Paulo, em 2012, Herrera foi chamado para participar de uma brincadeira da Rede Globo. O repórter queria que ele escolhesse uma música para tocar durante a exibição dos gols no programa Fantástico. Porém, o atacante do Botafogo não quis escolher.

A atitude foi imediatamente criticada por Marco, que chamou Herrera de babaca no Twitter. Ele até tentou apagar a mensagem e alegar que poderia escrever qualquer coisa na rede social, mas depois resolveu pedir desculpas pelo que fez.


Felipe Melo x Renato Maurício Prado

A briga começou em 2013, quando houve boatos de que Felipe Melo teria recebido uma proposta do Flamengo. Renato disse que o volante inventou essa proposta e assim começou a confusão que logo foi levada para o lado pessoal.

Felipe publicou um texto no Facebook pedindo mais respeito e criticando Renato. Chamou o comentarista de babaca e até chifrudo. Depois disso, contou ao Terra que recebeu apoio até de colegas de trabalho de Renato. O caso foi para a Justiça e ainda não está encerrado.


Valdivia x Tiago Leifert

Crédito da foto: Friedemann Vogel/ Getty Images)

publicidade

O programa Globo Esporte fez diversas brincadeiras em que citava as frequentes lesões do chileno. Houve uma de Tiago Leifert, que apareceu fingindo uma dor na coxa, e também uma mensagem no Twitter, que comparava o apresentador ao meia.

Valdivia disparou palavrões em sua resposta no Twitter: "vai tomar no c..., seu arrombado filho da p... Quero ver se tu fala isso na minha cara, pau no c...! Tu vai sentir não é a coxa e sim o c...".

Leifert silenciou por semanas e só recentemente respondeu. Disse que Valdivia foi "extremamente baixo" e pediu mais humor: "acho que quem trabalha com esporte tem que ter espírito esportivo acima de tudo e quem perde esse espírito é porque está doente com esporte e precisa repensar". Além disso, afirmou que Valdivia deve ter se arrependido, mas o chileno não se manifestou mais sobre o assunto.


Serginho Chulapa x Gilvan Ribeiro

(Crédito da foto: Divulgação)

Serginho sempre foi explosivo como jogador e, em 1994, quando tinha acabado de virar técnico, já mostrou que continuaria o mesmo: ao ser expulso em um clássico contra o Corinthians, se irritou com Gilvan no intervalo e deu cabeçada nele. Foi demitido do Santos por causa disso.


Felipão x Gilvan Ribeiro

Gilvan se envolveu em polêmica em 1998. Durante uma entrevista coletiva na Academia de Futebol, perguntou se Felipão tinha fechado os treinos do Palmeiras, que vivia má fase. O técnico negou, mas foi retrucado pelo jornalista. Felipão disparou xingamentos e também acertou um soco em Gilvan.

Jair Picerni x Nelson Cilo

Foi mais uma briga em que os dois partiram para a troca de agressões. O repórter do Diário do Grande ABC discutiu com o técnico do São Caetano e pediu mais respeito. Jair não se conteve e acertou um soco em Nelson. Os dois se agarram, caíram no chão e depois foram separados. O jornalista sangrou e teve que ir para o hospital. Jair pediu desculpas um dia depois da confusão.

Emerson Leão x Milton Neves

Nesse caso os dois não partiram para a briga, mas quase. Após um jogo entre Palmeiras e Cerro Porteño em 2006, Leão se irritou porque Milton disse que ele brigou com jogadores paraguaios. O técnico chamou o apresentador de "dinheirista" e provocou: "quando você chutou a bunda do Silvio Luiz, um senhor de 70 anos, o senhor se vangloriou. Venha chutar a minha".

Emerson Leão x Marilia Ruiz

(Crédito da foto: Instagram/ mariliaruizoficial/ Reprodução)

Quando estava no Corinthians, Leão voltou a causar polêmica. O fato aconteceu em 2007, logo depois que o time alvinegro empatou com o Pirambu-SE pela Copa do Brasil. Marilia foi encontrá-lo no aeroporto em busca de uma entrevista, mas Leão não quis falar. Ela questionou com qual carro o técnico sairia do local, e ele retrucou com piadas de muito mau gosto: "o que você quer comigo? Vai dormir comigo? Quer ir pro motel?".


Vanderlei Luxemburgo x Milton Leite

(Crédito da foto: Claudio Santana/ AFP)

Em 2008, depois que o Palmeiras contratou o volante Léo Lima, o narrador Milton Leite criticou a negociação. Chegou a dizer que o negócio “leva a gente a desconfiar de que tem outras coisas por trás desse tipo de negociação”.

Luxemburgo se irritou com o comentário e ligou para se defender no ar. Ele apresentou sua justificativa para contratar Léo Lima e até ameaçou processar Milton, alegando que era perseguido por ele. Mas o narrador não se intimidou e disse que não se arrependeu do que disse.


Dunga x Alex Escobar

(Crédito da foto: Getty Images)Durante a primeira passagem de Dunga como técnico da Seleção Brasileira, aconteceram diversas discussões entre ele e a imprensa. Mas nenhuma foi tão marcante quanto essa: em 2010, Alex Escobar estava falando no celular durante uma entrevista coletiva, e Dunga perguntou se havia algum problema. Alex disse que não, mas foi xingado de "cagão de m...".

O episódio foi um símbolo de como Dunga tratou mal a imprensa naquela época. Neste ano, quando reassumiu a Seleção Brasileira, o técnico disse que precisava melhorar nisso e até fez as pazes em um encontro com Alex Escobar. Nos primeiros jogos do Brasil o comportamento de Dunga realmente foi mais respeitoso, apesar de algumas alfinetadas.



LEIA TAMBÉM: Palmeiras renova o contrato de joia da base

LEIA TAMBÉM: [COMENTE] Solução caseira ou contratar: como a diretoria deve substituir Dudu no Palmeiras?

LEIA TAMBÉM: Vai ou fica? Futuro de Scarpa será definido apenas no fim deste mês


17145 visitas - Fonte: Terra Noticias

Mais notícias do Palmeiras

Notícias de contratações do Palmeiras
Notícias mais lidas

Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou .

Últimas notícias

Próximo Jogo - Paulista

Dom - 16:00 - Arena Corinthians - Globo
Corinthians
Palmeiras

Último jogo - Paulista

Sáb - 16:30 - Major José Levy Sobrinho
Inter de Limeira
0 0
Palmeiras
Untitled Document
Classificação
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
Libertadores Pré-Libertadores Sul-Americana Rebaixados
vitoria empate derrota
Untitled Document
Classificação
1 Santo André
2 Palmeiras
3 Novorizontino
4 Botafogo SP
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
19 10 6 1 3 12 9 3
19 10 5 4 1 15 4 11
16 10 3 7 0 9 4 5
8 10 2 2 6 7 21 -14