23/9/2014 16:51

Diretoria some, e Nathan, 19 anos, dá 1ª coletiva pós-vexame: 'Falo em nome do Palmeiras'

Nathan durante coletiva de imprensa no Palmeiras

Foi embargando a voz e pressionando as mãos para controlar o nervosismo, mas um zagueiro de 19 anos fez nesta tarde o que o presidente Paulo Nobre e nenhum outro membro da diretoria se dispôs: dar entrevista. No primeiro treino aberto a jornalistas após a goleada por 6 a 0 para o Goiás, Nathan encarou cerca de 60 profissionais da imprensa na Academia de Futebol e driblou seu próprio desconforto para falar em nome do clube que ocupa a lanterna do Brasileiro na temporada do centenário.

"Agora estamos todos unidos. Não tem essa de eu, Lúcio, dirigente. Estou aqui para falar de mim e pelo Palmeiras, falar que estamos unidos. Não importa se tenho 19 anos e se ninguém do grupo veio, vim em nome do Palmeiras e do grupo. Suporto a pressão como eles também estão suportando", disse o jogador que, há menos de um mês, nem treinava entre os profissionais.

"Estou vivendo um momento de muita pressão. Tenho 19 anos e já passo por isso. Não é para qualquer um. Mas, se estou aqui com 19 anos e suportando, batendo a cara, qualquer um lá dentro precisa ter essa capacidade. Todos me apoiaram, falaram que vai dar certo", continuou discursando.

Durante cerca de 20 minutos de entrevista, Nathan só sorriu ao tentar controlar a tensão. Admitiu que não se sentia confortável e que ficou surpreso ao ser escolhido para atender a imprensa. "Eu não esperava. Estou até meio nervoso. Mas, se me passaram a responsabilidade de estar aqui, é porque tenho capacidade", afirmou.

Capacidade que Nobre, o diretor executivo José Carlos Brunoro, o gerente de futebol Omar Feitosa e nenhum vice-presidente tiveram. A diretoria resolveu se calar em meio à crise. Apenas Brunoro falou, ainda em Goiânia, logo após a humilhante derrota, e assumiu a culpa sem dar detalhes nem prometer nada. E não há nenhum pronunciamento de qualquer dirigente previsto para os próximos dias - todos só falam com a autorização da assessoria de imprensa particular do presidente.

Já Nathan falou mesmo sendo reserva no Serra Dourada. Nesta terça-feira, encarou uma entrevista inesperada. "Jogar é mais fácil, jogo desde os sete anos. Agora câmera, imprensa, foto, é tudo novo. Eu nunca tinha dado entrevista. Há duas semanas, dei a primeira. É tudo muito novo. Mas, daqui para frente, tudo vai virar rotina. Se Deus quiser."

É o discurso do corajoso jogador que só tem duas partidas como profissional na carreira. "É tudo novo para mim. Mesmo não sendo o melhor momento, uma hora eu teria que dar entrevista. Também falaram muito que não era o momento estrear contra o Fluminense, no Maracanã, e mostrei para todos. Assim como confiaram em mim e me deram a responsabilidade de estar aqui porque tenho capacidade", insistiu.



LEIA TAMBÉM: Mais um de saída? Clube da Arábia faz proposta por Raphael Veiga, do Palmeiras

LEIA TAMBÉM: [COMENTE] Para você, quem é o substituto ideal de Dudu caso o atacante saia do Palmeiras?

LEIA TAMBÉM: Cadê a proposta? Veja os impasses que atrasam a formalização da proposta ao Palmeiras por Dudu


6903 visitas - Fonte: ESPN

Mais notícias do Palmeiras

Notícias de contratações do Palmeiras
Notícias mais lidas

Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou .

Últimas notícias

Próximo Jogo - Paulista

Dom - 16:00 - Arena Corinthians - Globo
Corinthians
Palmeiras

Último jogo - Paulista

Sáb - 16:30 - Major José Levy Sobrinho
Inter de Limeira
0 0
Palmeiras
Untitled Document
Classificação
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
Libertadores Pré-Libertadores Sul-Americana Rebaixados
vitoria empate derrota
Untitled Document
Classificação
1 Santo André
2 Palmeiras
3 Novorizontino
4 Botafogo SP
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
19 10 6 1 3 12 9 3
19 10 5 4 1 15 4 11
16 10 3 7 0 9 4 5
8 10 2 2 6 7 21 -14