25/9/2014 08:20

Ex-Verdão, Charles lembra palestra de motivador em 2013: 'Emocionante'

Lulinha Tavares, coaching contratado para tentar salvar o Palmeiras do rebaixamento, já prestou serviços ao clube. Hoje encostado no Cruzeiro, Charles diz que dá resultado

Charles comemora gol contra o Libertad, após palestra de Lulinha (Foto: Ari Ferreira/LANCE!Press)


A diretoria do Palmeiras espera ver um time mais confiante a partir do jogo contra o Vitória, às 19h30 desta quinta, no Pacaembu. Diminuir o "desespero" dos atletas é uma das funções de Lulinha Tavares, motivador profissional contratado após a derrota por 6 a 0 para o Goiás.

Ele já trabalhou no clube em 2013, e quem assistiu às palestras diz que faz diferença:

- Para mim, ajudou bastante. O Lulinha passa coisas boas, mostra vídeos de pessoas que superaram dificuldades e tenta mostrar o outro lado das coisas, para a gente ser guerreiro, se animar. O Palmeiras está de parabéns - contou o volante Charles, hoje encostado no Cruzeiro, ao LANCE!Net.

Lulinha foi acionado por Nobre após a derrota por 6 a 2 para o Mirassol, pelo Paulistão. Deu algumas palestras para o grupo, inclusive antes das vitórias contra Tigre (2 a 0) e Libertad (1 a 0), pela Libertadores. Charles fez gol nos dois confrontos.

- Ele mostrou vídeo de um cara que não tinha pernas e braços e fazia tudo que nós fazemos. Eu me emocionei, não tem como - lembrou.

O primeiro contato do coaching com os jogadores foi nessa quarta - em dias de jogos, Dorival Júnior deseja que apenas a comissão técnica tenha acesso a eles.

- Vimos que o time está tomando gols muito cedo, e isso gera um desespero. Precisamos de um trabalho psicológico, de motivação, que teve sucesso na Libertadores de 2013 - disse o presidente Paulo Nobre, em entrevista à TV Globo.

Nas últimas três partidas, contra Fluminense, Flamengo e Goiás, o Palmeiras sofreu gol na primeira finalização do adversário. O máximo que conseguiu foi arrancar um empate com os rubro-negros depois de estar perdendo por 2 a 0.


Confira um bate-bola exclusivo com Charles:

LANCE!Net: Você acha que o Palmeiras terá resultado com o Lulinha?
Charles: Ele passa mensagens positivas. Quem olha de fora acha que os caras são malucos, contratando palestra motivacional em um momento como esse, mas ajuda muito. Eu passei por isso e posso falar, conheço ele.

Algo do que ele mostrou ficou marcado para você?
Quando ele mostrou um cara sem as duas pernas e os dois braços que conseguia fazer tudo de forma normal foi sem comentários. Uns se emocionaram, outros guardaram para eles, mas isso me marcou muito. É uma coisa para tirar o chapéu e repensar a vida.

O time venceu depois que o Lulinha conversou com vocês?
Foram umas três ou quatro palestras. Contra o Tigre e contra o Libertad, pela Libertadores, a gente precisava vencer e ele ajudou. A gente estava em um momento complicado, precisando de um cara para nos apoiar, e foi o Lulinha.

Acha que o Palmeiras vai conseguir escapar do rebaixamento?
Estou acompanhando direto, tenho muitos amigos lá. A gente fica torcendo. Acho que vai conseguir, porque tem um treinador muito bom, que passa mensagens positivas. É difícil falar o que está acontecendo lá dentro, mas acredito que vai passar.

Conversa com os jogadores?
Eu converso direto com o Wesley. Ele só fala que não sabe porque estou nessa situação aqui no Cruzeiro, sem jogar, treinando em horários alternativos. Mas são coisas da vida.

O Palmeiras está em busca de reforço. Tem esperança de voltar?
Tenho contrato até o fim de 2015, as inscrições acabam sexta que vem. Se eu falar que não tenho vontade de voltar, é mentira. No começo do ano, não houve acerto salarial, mas sempre mostrei interesse de continuar lá.

Por que não joga?
Não explicaram. Quando estava no Palmeiras, falava que queria ficar. Na minha cabeça, parece que é isso.

UM CHUTE, UM GOL

Fluminense
Fred fez 1 a 0 para os tricolores aos nove minutos do primeiro tempo. Aos 17 minutos da etapa final, o Fluminense tinha três finalizações no jogo e já vencia por 3 a 0, placar que persistiu até o fim, no Maracanã. O Palmeiras de Dorival Júnior até melhorou, mas sem efeito.

Flamengo
A primeira chegada dos rubro-negros terminou em gol de Canteros, logo aos 12 minutos de bola rolando. O Palmeiras, que tinha mais posse de bola, apagou de vez e sofreu mais um antes do intervalo. A reação do segundo tempo rendeu a igualdade no placar: 2 a 2, no Pacaembu.

Goiás
Maior exemplo de desestruturação do time após sair atrás: os goianos mal haviam trocado passes quando encaixaram um contra-ataque aos sete minutos de jogo e abriram a contagem com Ramon. O que veio depois ficou na história: 6 a 0 no Serra Dourada.





LEIA TAMBÉM: Palmeiras renova o contrato de joia da base

LEIA TAMBÉM: [COMENTE] Solução caseira ou contratar: como a diretoria deve substituir Dudu no Palmeiras?

LEIA TAMBÉM: Vai ou fica? Futuro de Scarpa será definido apenas no fim deste mês


3378 visitas - Fonte: Lancenet!

Mais notícias do Palmeiras

Notícias de contratações do Palmeiras
Notícias mais lidas

Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou .

Últimas notícias

Próximo Jogo - Paulista

Dom - 16:00 - Arena Corinthians - Globo
Corinthians
Palmeiras

Último jogo - Paulista

Sáb - 16:30 - Major José Levy Sobrinho
Inter de Limeira
0 0
Palmeiras
Untitled Document
Classificação
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
Libertadores Pré-Libertadores Sul-Americana Rebaixados
vitoria empate derrota
Untitled Document
Classificação
1 Santo André
2 Palmeiras
3 Novorizontino
4 Botafogo SP
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
19 10 6 1 3 12 9 3
19 10 5 4 1 15 4 11
16 10 3 7 0 9 4 5
8 10 2 2 6 7 21 -14