25/9/2014 10:07

Dorival faz mistério sobre Deola ou Fábio; goleiros têm 18 pontos na conta

Sem Fernando Prass, Verdão aposta em jovens revelados no clube e se dá mal; em pelo menos seis jogos, time foi derrotado com erros de seus arqueiros

Deola ou Fabio: quem joga nesta quinta-feira, contra o Vitória, no Pacaembu (Foto: Cesar Greco/Ag Palmeiras)

Em excelente fase no Campeonato Paulista, Fernando Prass chegou até a ser cogitado para a seleção brasileira no começo da temporada.

Capitão do Palmeiras, o goleiro vivia grande momento até as primeiras rodadas do Brasileirão, quando uma fratura no cotovelo direito o afastou dos gramados por mais de quatro meses e iniciou uma grande dor de cabeça para as três comissões técnicas que dirigiram a equipe alviverde neste período.

Substituto imediato de Prass, Bruno assumiu a meta contra o Flamengo, no dia 4 de maio. Mas, com a ferida da eliminação do Paulistão ainda aberta (ele levou um gol do Ituano, de fora da área), o goleiro pediu para ser negociado e abriu espaço para o jovem Fábio, considerado um dos grandes talentos na base palmeirense.

Com 24 anos, Fábio assumiu a condição de titular absoluto com Alberto Valentim e, antes da Copa, teve um desempenho animador. O problema palmeirense começou sob o comando de Ricardo Gareca, depois do Mundial. Fábio falhou repetidas vezes, até ser sacado da equipe para o retorno de Deola, que também não agradou e apresentou falhas decisivas no time de Dorival Júnior.

De lá para cá, o Verdão deixou pelo caminho, em erros de goleiros, 18 pontos que hoje fariam a equipe estar na briga pelo G-4 do Brasileirão ou, se não conquistados totalmente, deixariam o time em situação muito mais tranquila na classificação. É evidente que não dá para colocar toda a culpa nos goleiros. Mas o torcedor apaixonado, ao ver tantos erros, se pergunta: Fernando Prass levaria esses gols?


Goleiros durante treinamento do Palmeiras no centro de treinamento alviverde (Foto: Felipe Zito)

Nesta quinta-feira, o Palmeiras, lanterna do torneio com apenas 22 pontos em 23 jogos, entra em campo no Pacaembu, às 19h30, para enfrentar o Vitória. Sem antecipar a escalação, Dorival Júnior manteve mistério e não confirmou quem joga. Com Deola ou Fábio, a única certeza é a necessidade de o Verdão voltar a fazer valer a sua tradição de goleiros, somar pontos e iniciar uma recuperação para deixar as últimas colocações do Brasileirão.

Confira alguns dos erros que prejudicaram o Palmeiras no campeonato:

SANTOS 2 X 0 PALMEIRAS
Logo na estreia do técnico Ricardo Gareca, no dia 17 de julho, uma contribuição decisiva de Fábio para o primeiro tropeço do argentino. Na primeira etapa, Fábio não conseguiu defender a fraca cabeçada de Bruno Uvini no lance que abriu o placar para a vitória de 2 a 0 dos santistas, na Vila Belmiro, pela 10ª rodada do Campeonato Brasileiro.

CORINTHIANS 2 X 0 PALMEIRAS
Quando Fábio não falhou, ele contou com o azar para contribuir, mesmo que indiretamente, para outros tropeços. Foi assim na Arena Corinthians, quando viu o chute de Petros tocar em suas costas e entrar no gol, lance semelhante ao gol de Alan Kardec no clássico contra o São Paulo, no Pacaembu, três rodadas depois.

PALMEIRAS 1 X 2 SÃO PAULO
Palmeiras e São Paulo empatavam sem gols, no Pacaembu, pela 15ª rodada, quando Fábio tentou sair jogando. O chute errado acabou nos pés de Paulo Henrique Ganso, que armou contra-ataque e deixou Alexandre Pato na cara do gol, com trabalho apenas para desviar e abrir o placar para os tricolores.

SPORT 2 X 1 PALMEIRAS
O Palmeiras jogava bem na Arena Pernambuco, no dia 20 de agosto, e vencia por 1 a 0, até que o Sport teve uma falta lateral no ataque. O lance parecia inofensivo, já que o cruzamento de Patric foi na direção de Fábio. Mas o goleiro, na tentativa de mandar para longe, acabou jogando contra o próprio gol. No fim, deu Leão por 2 a 1.

PALMEIRAS 0 X 1 INTER
Desesperado por um resultado positivo, Gareca mandou a campo uma formação extremamente ofensiva contra o Inter, no dia 30 de agosto. Mas os dois meias e três atacantes não tiveram tempo de pressionar o adversário, já que Jorge Henrique, logo no início do jogo, se aproveitou de bobeada de Fábio para fazer o gol da vitória do Inter. Gareca acabou sendo demitido.

FLUMINENSE 3 X 0 PALMEIRAS
No primeiro ataque do Fluminense, no dia 13 de setembro, Fábio escorregou na pequena área e apenas observou Fred abrir o placar. Mas o lance mais emblemático aconteceu no segundo tempo. Após cobrança de falta de Conca da direita, o argentino tentou o chute direto para o gol e acabou vencendo Fábio, que tocou a bola para dentro.

GOIÁS 6 X 0 PALMEIRAS
Com Bruno apenas treinando e procurando um novo clube, coube a Deola, que acumulava empréstimos desde 2012, retornar ao gol. E dentro de campo o desempenho não foi dos melhores: erro em saída no lance do gol marcado por Alecsandro, mesmo que a bola tenha tocado no braço de Eduardo Silva, e uma atuação ruim em Goiânia.



LEIA TAMBÉM: Mais um de saída? Clube da Arábia faz proposta por Raphael Veiga, do Palmeiras

LEIA TAMBÉM: [COMENTE] Para você, quem é o substituto ideal de Dudu caso o atacante saia do Palmeiras?

LEIA TAMBÉM: Cadê a proposta? Veja os impasses que atrasam a formalização da proposta ao Palmeiras por Dudu


35358 visitas - Fonte: Ge

Mais notícias do Palmeiras

Notícias de contratações do Palmeiras
Notícias mais lidas

Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou .

Últimas notícias

Próximo Jogo - Paulista

Dom - 16:00 - Arena Corinthians - Globo
Corinthians
Palmeiras

Último jogo - Paulista

Sáb - 16:30 - Major José Levy Sobrinho
Inter de Limeira
0 0
Palmeiras
Untitled Document
Classificação
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
Libertadores Pré-Libertadores Sul-Americana Rebaixados
vitoria empate derrota
Untitled Document
Classificação
1 Santo André
2 Palmeiras
3 Novorizontino
4 Botafogo SP
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
19 10 6 1 3 12 9 3
19 10 5 4 1 15 4 11
16 10 3 7 0 9 4 5
8 10 2 2 6 7 21 -14