19/8/2018 18:00

Com dois de Deyverson, Palmeiras atropela o Vitória em Salvador

Foto: MARCELO MALAQUIAS/FRAMEPHOTO/ESTADÃO CONTEÚDO

O Palmeiras de Luiz Felipe Scolari segue invicto e sem levar gols. Neste domingo (19), mesmo com um time repleto de reservas, o alviverde fez 3 a 0 sem dificuldades sobre o Vitória, no Barradão, e ficou mais perto dos líderes do Campeonato Brasileiro. Deyverson foi destaque com dois gols, enquanto Dudu, que também teve grande atuação, fez o terceiro.



O triunfo levou o Palmeiras a 33 pontos, cinco a menos que o líder Internacional e que o São Paulo, que ainda joga neste domingo. O time paulista está na sexta colocação. Já o Vitória, com 19 pontos, segue em 17º, dentro da zona do rebaixamento. Os baianos tiveram a estreia do técnico Paulo César Carpegiani.

O Palmeiras volta a jogar na quarta-feira (22), contra o Botafogo, no Allianz Parque. Já o Vitória tenta a recuperação diante do Flamengo, na quinta (23), no Maracanã.

O melhor: Deyverson

O centroavante vive uma fase totalmente diferente desde a chegada de Felipão. Com um estilo de jogo de lançamentos que favorece seus pontos fortes, Deyverson tem ganhado cada vez mais confiança e fez um de seus melhores jogos pelo Palmeiras. Além dos dois gols, sendo o primeiro em uma finalização de primeira e o segundo com uma cabeçada certeira, ele participou bastante do jogo com disputas pelo alto, pivôs e bolas ajeitadas para os companheiros.

O pior: Bou

O Vitória não teve nenhuma atuação digna de nota, mas o atacante argentino se destacou negativamente. Perdeu todos os duelos com Gustavo Gómez, chutou fraco na única oportunidade mais clara que teve e ainda deu espaço pela esquerda na marcação. Não à toa, foi o primeiro a ser escolhido para sair por Carpegiani.

Dos habituais titulares, só quatro saíram jogando: Weverton, Marcos Rocha, Bruno Henrique e Dudu. E isso não impediu que a equipe mantivesse o padrão que tem apresentado com o novo treinador.

O alviverde jogou de forma direta, com muitos lançamentos diretos para o ataque buscando o pivô de Deyverson e pouca troca de passes no meio-campo. O estilo funcionou e sufocou o Vitória na defesa. Palmeiras domina o primeiro tempo e quase faz mais A primeira etapa foi quase que totalmente de domínio alviverde.

O Palmeiras controlou bem atrás e atacou com eficiência, sempre buscando as bolas longas para Deyverson. O centroavante conseguia dar sequência aos lances e o time ameaçava constantemente a área do Vitória. O primeiro gol saiu após Marcos Rocha ajeitar de cabeça um lançamento e servir Deyverson, que chutou de primeira; o segundo, de escanteio cobrado por Dudu, que Deyverson testou para a rede. Dudu ainda acertou a trave em um lindo chute.

Na estreia de Paulo César Carpegiani, o Vitória pouco incomodou o Palmeiras. As principais tentativas foram em jogadas individuais de Neilton e Erick, mas sem sucesso diante de um sistema defensivo palmeirense que se mostrou sólido de novo. Ainda assim, o time baiano perdeu uma grande chance na primeira etapa: após Weverton dar rebote em chute de Rodrigo Andrade, Neilton não conseguiu completar para as redes e acabou travado por Marcos Rocha na área.

O Palmeiras se manteve em cima do Vitória no começo do segundo tempo e não demorou para fazer o terceiro. E foi um golaço de Dudu. Após lançamento na área, Lucas Lima dominou e a bola sobrou para o camisa 7, que driblou Aderllan com uma finta rápida e tocou com categoria na saída do goleiro Ronaldo.

Já no final do primeiro tempo, os torcedores do Vitória estavam gritando "time sem vergonha" com a equipe perdendo em casa por 2 a 0. Quando Dudu fez o terceiro na segunda etapa, muitos rubro-negros começaram a ir embora do Barradão, mesmo com mais de meia hora faltando para o jogo terminar.



FICHA TÉCNICA

Vitória 0 x 3 Palmeiras

Local: Estádio Barradão, em Salvador (BA)

Data: 19/08/2018

Horário: 16h (de Brasília)

Árbitro: Rodrigo Batista da Silva Assistentes: Luciano Benevides de Sousa e José Reinaldo Nascimento Júnior

Gols: Deyverson, aos 10 e aos 28 minutos do primeiro tempo; Dudu, aos 13 minutos do segundo tempo

Cartões amarelos: Rodrigo Andrade e Neilton (Vitória); Bruno Henrique (Palmeiras)

Vitória: Ronaldo; Jeferson, Aderllan, Ruan Renato e Benítez; Rodrigo Andrade e Ramon; Erick (Lucas Fernandes), Yago (André Lima) e Walter Bou (Wallyson); Neilton. Técnico: Paulo César Carpegiani

Palmeiras: Weverton; Marcos Rocha (Mayke), Luan, Gustavo Gómez e Victor Luís; Thiago Santos e Bruno Henrique (Moisés); Hyoran, Lucas Lima e Dudu (Diogo Barbosa); Deyverson. Técnico: Luiz Felipe Scolari

2901 visitas - Fonte: UOL

Mais notícias do Palmeiras

Notícias de contratações do Palmeiras
Notícias mais lidas

Rudy Leticia     

Não só do Deyverson não, muitos criticaram a contratação do Felipão, chamaram ele até de Felixão. Ta ai, 6 jogos sem sofrer gols, e um time ganhando consistencia

Vitor Hugo     

Vamos ver se agora aparece algum amendoim torcedor putinha reclamando do deyverson chupa seus torcedor de merda ta ai pras vcs q so critica o cara cala a boca torce pro time e deixa o cara jogar seus inrustidos

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.

Últimas notícias