30/6/2022 07:49

"Quem critica não corre nas veias o que é ser palmeirense" - Abel Ferreira desabafa após nova goleada na Libertadores

Abel dá recado a torcedores do Palmeiras após vitória sobre o Cerro e cita até Lewis Hamilton

A entrevista de Abel Ferreira após a vitória sobre o Cerro Porteño, na primeira partida pelas oitavas de final da Copa Libertadores, em Assunção, no Paraguai, teve um tom de desabafo.



O treinador do Palmeiras direcionou uma parte das declarações para os torcedores alviverdes, principalmente os mais críticos depois do empate do fim de semana contra o Avaí, pelo Brasileirão, competição na qual o Verdão é líder.

Em entrevista concedida depois dos 3 a 0 em Assunção, placar que aproxima o Palmeiras das quartas de final da competição, o treinador pediu apoio e até citou uma declaração recente de Lewis Hamilton, heptacampeão mundial de Fórmula 1.

– Quero dizer que esse jogo começou a ser ganho no jogo do Avaí, porque o treinador do Palmeiras acredita em todos os jogadores. Eu acredito em todos os jogadores. O treinador do Palmeiras pede a todos os torcedores e agradece aos torcedores que apoiam nossos jogadores em todos os momentos. Em nome do grupo, quero agradecer a esses – declarou.

– Agradeço também aos torcedores que nos apoiam só nas vitórias. Agradeço também aos que nos criticam. Peço aos nossos torcedores que tenham gratidão aos torcedores que vieram ajudar hoje. É isso que temos o que fazer. Temos que acreditar mesmo. Quando o treinador faz besteiras e os jogadores jogam mal, tem que acreditar, apoiar, pois isso é pertencer à família Palmeiras– acrescentou.

O treinador manteve o tom crítico aos torcedores "cornetas" e que questionam o nível de comprometimento do grupo de atletas:

– Aos que acreditam somente quando ganhamos, aos que só nos criticam, como diz o Hamilton: "é preciso mudar a mentalidade". Os que já estão com isso na veia, nos apoiam sempre. Este jogo começou a ser ganho no jogo com o Avaí. Os jogadores são gente séria, gente de caráter e que entregam tudo o que têm a cada momento. Esses jogadores merecem que acreditem em todos.

Citado por Abel Ferreira, Lewis Hamilton usou a frase sob outro contexto. Após ser chamado de “neguinho” por Nelson Piquet, o britânico desabafou que é “preciso mudar a mentalidade” sobre termos considerados racistas nos dias de hoje.

– Quem critica não corre nas veias o que é ser palmeirense. Criticando os jogadores criticamos o que está aqui (o Palmeiras). Dou minha palavra que todos nós trabalhamos. Vamos fazer besteiras e errar muitas vezes, mas vamos dar muitas alegrias, como estamos dando – encerrou.

O Palmeiras pode perder por até dois gols de diferença no duelo da volta, que mesmo assim avançará às quartas de final da Libertadores. O jogo contra o Cerro Porteño está marcado para a próxima quarta-feira, às 19h15 (de Brasília), no Allianz Parque.

Confira mais da entrevista coletiva:
Abel Ferreira
Mais análise
– Primeiro, quero dar os parabéns ao Arce. Sabemos que tem uma história muito grande no nosso clube. Eles conseguiram bloquear as marcações, então foi bem duro e difícil no início do jogo. Tivemos paciência, calma e procuramos impor nosso jogo.

– No início, os jogos de Libertadores são competitivos, sabíamos que tinha consistência defensiva boa. Foi ter calma, tranquilidade e sabedoria para entrar no nosso jogo, sem entrar em fobia e momento certo para nosso jogo. Cerro começou a perder energia, nós mantivemos intensidade e refrescamos a equipe. No segundo tempo, o Palmeiras mostrou que foi melhor

Gustavo Gómez diz que confronto não acabou
Quem também concedeu entrevista foi o zagueiro e capitão Gustavo Gómez. O defensor adotou um discurso cauteloso depois da vitória e brincou sobre as vaias recebidas pelos compatriotas em Assunção. O jogador é capitão da seleção do país.

Confronto terminou?
– Creio que o primeiro tempo foi equilibrado, no segundo melhoramos, fizemos o gol. Não está nada fechado. Libertadores, em 45 minutos são dois jogos. Os últimos 90 minutos em São Paulo. Temos jogo importante para manter a liderança do Brasileirão e depois pensaremos na Libertadores

Vaias dos paraguaios
– Nada como estar na sua terra (risos). No futebol é parte do folclore. Creio que fizemos um bom jogo. Os vídeos forneceram muitas informações para a gente, estávamos preparados para jogar de todas as formas.

O que foi fundamental para a vitória?
– Nós tivemos consistência no segundo tempo e pudemos diminuir a pressão do primeiro tempo. Nosso time foi maduro quando nos pressionaram. Pudemos sobreviver e no fim do segundo tempo conseguir a vitória



Palmeiras, 2022, Abel Ferreira, Libertadores



VEJA TAMBÉM
- "Não basta ser incompetente, tem que dar a desculpa mais estapafúrdia dos últimos tempos" - Jornalista dispara contra Cuca após triunfo do Verdão
- "É tirar o chapéu para o Abel! Só nos resta lamentar" - Hulk reconhece superioridade do Verdão
- São Weverton? Goleiro desencanta nos pênaltis e atinge 250 partidas pelo Verdão na noite em que foi eleito o melhor em campo

LEIA TAMBÉM: Barcelona observará joia Endrick em torneio na França


E MAIS: No Brasileirão, Palmeiras vai buscar título inédito na era Abel Ferreira

E MAIS: Comissão técnica do Palmeiras pediu a manutenção de jovens da base













1242 visitas - Fonte: globoesporte.com

Mais notícias do Palmeiras

Notícias de contratações do Palmeiras
Notícias mais lidas

Jorge Aparecido     

Éssa é um chute no saco dos cornetas .

julio cesar     

Essa ele mando direto pro ninja rosa e pro Sablone...

Jogou muito bem no segundo tempo ontem e ótima vitória no jogo da volta mais uma vitória espero

Somos torcedores diferenciados, somos família

Carlos Santos     

Chuuuuupa Cornetas Modinhas, vcs não tem sangue de Palmeirenses, o sangue de vcs é de baratas.

Zambon Monique     

Como o próprio Abel já disse no jogo anterior contra o Avaí, "todos jogam a vida quando é contra nós" o Palmeiras é o time a ser batido na atualidade temos o melhor time do Brasil e quando perdemos ou empatamos é porque jogamos mal e são em poucos jogos, gente nosso time é quase imbatível, vai existir momentos de instabilidade e é normal, sou palmeirense na derrota e na vitória, ontem vimos Cerro completamente diferente jogando retrancado devagar picando o jogo para tirar nossa velocidade só esperando que errasemos para nos contra atacar e não demos chance depois do primeiro gol mudou tudo ai o jogo ficou aberto onde aceleramos e guardamos mais dois, a mentalidade dos jogadores mudou temos paciência para jogar contra adversários fechados explorando as oportunidades, vamos acreditar gente vamos criticar menos por favor.

Roberto Tolin     

Chega de mimimi Abel. Quando só há aplausos os erros são mascarados. Todos temos o direito de criticar, quando for necessário, e elogiar quando for merecido, isso não a quer dizer falta de apoio. Apoiar sempre, durante os jogos, e depois analisar a performance de cada jogador e é assim que o time cresce, se não houver pressão as pessoas se acomodam e é por isso que o time está nesse patamar, com cobranças e elogios, é assim que deve ser. Hoje, temos dois jogadores que destoam dos demais, Navarro e Jorge, estão muito aquém do nivel dos demais, é por isso que o torcedor se incomoda e isso não quer dizer que não são apoiados.

Nilson Severino     

Abel falando direto aos torcedores modinhas que só aparecem quando o Palmeiras empata ou perde.

Sergio B     

Nao tem como não criticar,o navarro mesmos ele teve várias oportunidades nao só eu como muitos crítica mesmo,o roni ficou im ano sem marca quando chegou o técnico era Luxemburgo todos criticaram veio o abel e acertou ele no time,agora modinha é querer ser mas palmeirense que os outros

Marcelo Salim     

Belo recado para os cornetas modinhas cujo a unica coisa que sabem fazer é cornetar este elenco que esta na historia do Verdao ....

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou .

Últimas notícias

Libertadores

Qua - 21:30 - Allianz Parque -
X
Palmeiras
Atletico-MG

Brasileiro

Dom - 16:00 - Allianz Parque
3 X 0
Palmeiras
Goiás