1/8/2021 08:42

Em clássico com polêmicas, defensores se destacam e Palmeiras chega a cinco jogos sem sofrer gols

O empate sem gols contra o São Paulo, no Morumbi, reforçou alguns dados positivos da defesa palmeirense na noite deste sábado (31). Weverton, Marcos Rocha e Renan, alguns dos destaques do Palmeiras no Choque-Rei válido pela 14ª rodada do Brasileirão, têm números que chamam a atenção.



A boa fase defensiva capitaneada por estes e outros jogadores, inclusive, rendeu ao Verdão, diante do São Paulo, hoje, a marca de cinco jogos seguidos sem sofrer gol – um recorde na Era Abel Ferreira, que já havia chegado a quatro partidas sem ser vazado no comando do time outras duas vezes: uma em maio deste ano (quando passou ileso por Ponte Preta, Independiente del Valle-EQU, Bragantino e Corinthians), e outra em 2020, nos primeiros quatro compromissos sob comando português (quando não tomou gol na sequência de jogos contra o Bragantino, América-MG, River Plate-ARG e Sport – naquela ocasião, aliás, a equipe completou cinco duelos seguidos sem sofrer gol, pois vinha de uma partida zerada sob o comando de Andrey Lopes).


Já a última vez que o Alviverde ficou por seis partidas sem ser vazado foi em maio de 2019, sob o comando de Felipão – série esta que o Palmeiras pode voltar a atingir já no próximo final de semana, caso passe ileso pelo Fortaleza, pela 15ª rodada do Brasileirão. A série de Felipão, aliás, em maio de 2019, foi além das seis partidas, chegando a sete: Internacional, San Lorenzo-ARG, Atlético-MG, Santos, Sampaio Corrêa, Botafogo e Sampaio Corrêa-MA. Em toda a história, o recorde de jogos em sequência sem sofrer gols é de 12 partidas, registrado em 1987. No século 21, o recorde foi obtido em 2018, com nove jogos, seguido por 2019, com sete.


De quebra, com o resultado, o Verdão chegou ao décimo jogo invicto seguido no retrospecto geral. Nesta sequência, foram nove vitórias em série (Bahia, Internacional, Sport, Grêmio, Santos, Universidad Católica-CHI, Atlético-GO, Universidad Católica-CHI e Fluminense) e este empate com o São Paulo. Aliás, as nove vitórias seguidas já representam uma das maiores séries de vitórias do time palmeirense neste século, atrás só das temporadas de 2008 e 2019, nas quais a equipe atingiu dez triunfos consecutivos em ambas as ocasiões. O Palmeiras ainda tem a maior série invicta dos times que compõem a elite do futebol nacional, com estes dez jogos invictos (nove vitórias e um empate), seguido do Atlético-MG e do Ceará, que ainda jogam pela rodada – mas os mineiros somam sete vitórias e dois empates, enquanto os cearenses têm três vitórias e seis empates.


WEVERTON

Desde que voltou da Seleção Brasileira, após integrar o grupo que disputou a final da Copa América contra a Argentina, o arqueiro palmeirense não deixou que o time sofresse mais gols desde o seu retorno: com o camisa 21 no gol, o Verdão passou sem ser vazado por Universidad Católica-CHI (1×0, fora de casa), Atlético-GO (3×0, fora de casa), novamente a Universidad Católica-CHI (1×0, em casa), o Fluminense (1×0, em casa) e agora o São Paulo (0x0, fora de casa).


O goleiro já fez 25 partidas na atual temporada, das quais não sofreu gol em 12 delas. Além da atual sequência sem ser vazado de cinco jogos, nesta mesma temporada, em maio, havia ficado por outros quatro: Independiente del Valle-EQU, Bragantino, Corinthians e São Paulo.


Na temporada passada, aliás, Weverton estabeleceu um recorde pessoal: é o goleiro com mais jogos sem sofrer gol na mesma temporada: 35, em 2020, sendo, de quebra, o primeiro goleiro desde Velloso a fechar três temporadas seguidas sem sofrer gols por 20 jogos ou mais (o ídolo Velloso atingiu esse número entre 1995 e 1997), enquanto Weverton atingiu entre 2018 e 2020, sendo que em 2018 passou sem ser vazado 21 vezes, em 2019, 26 vezes; e em 2020, 35 vezes! Justamente o recorde pessoal que possui.


Por essas e outras, o acreano é o 3º goleiro com menor média de gols sofridos na história do Palmeiras: 0,65 gol por partida (119 vezes em 183 jogos), atrás só do paraguaio Benítez, com 0,54 (13 gols sofridos em 24 jogos em 1978), e do também paraguaio Gato Fernández, com 0,62 (22 gols em 35 jogos em 1994). São considerados somente goleiros com ao menos dez jogos disputados pelo clube.


RENAN

Titular da lateral-esquerda palmeirense nos últimos quatro jogos do time – inclusive no Choque-Rei desta noite -, Renan, zagueiro de origem, vem agradando com suas atuações e, hoje, não foi diferente.


Dentre os atletas do grupo palmeirense, o atual camisa 3 é o líder em desarmes nesta temporada: 51, seguido de Zé Rafael, com 49, e de Marcos Rocha, terceiro da lista, com 45; e também o líder em ações defensivas (desarmes + interceptações) nesta temporada: 62, seguido por Zé Rafael, com 59.


Além disso, o jogador oriundo da base – hoje aos 19 anos – é o segundo jogador de linha com mais minutos em campo pelo clube em 2021: 2.893, atrás apenas de Gustavo Scarpa, com 3.374 – este dado contabiliza também os duelos da temporada 2020 realizados entre janeiro e março deste ano.


MARCOS ROCHA

Desde 2018 no Verdão, o camisa 2 vem fazendo ótimas partidas recentes e ampliando ainda mais seus números defensivos. Há pouco tempo, aliás, entrou para um top 10 histórico da Libertadores.


Na atual temporada do Verdão, ele é o terceiro colocado em desarmes no geral, com 45 botes certos, atrás apenas de Zé Rafael, com 49, e Renan, com 51. E somente pelo Brasileirão 2021, de acordo com dados do Footstats, ele é o quarto que mais desarmou até aqui no Nacional: foram 29 ações, ao lado de Liziero do São Paulo, e atrás só de Aderlan, do RB Bragantino (terceiro, com 30), Pepê, do Cuiabá (segundo, com 37), e de Fernando Sobral, do Ceará (líder no quesito, com 40).


O destaque de Marcos Rocha nos desarmes não é novidade. Mesmo sendo uma atribuição de sua função (lateral-direito), ele se destaca acima da média no cenário nacional. No último ano, por exemplo, Rocha liderou o índice de desarmes do time na temporada dentre os palmeirenses (130 ações, seguido de Zé Rafael e Viña, ambos com 114). Já em 2019, apenas no Campeonato Brasileiro, o camisa 2 fechou o torneio nacional como o atleta que mais desarmou jogadas na competição, com 103 interceptações, à frente de Gregore, do Bahia, vice com 102, e do ex-palmeirense Diogo Barbosa, terceiro com 80.


Marcos Rocha, além de um exímio defensor, volta e meia chega ao ataque sempre com muito poderio. Do atual elenco, ele é o 5º colocado em assistências no geral, com 21 passes a gol, atrás só de Lucas Lima (22), Willian (25), Gustavo Scarpa (32) e Dudu (78). Além disso, é o 6º atleta do atual elenco com mais duelos pelo clube, com 165, atrás apenas de Lucas Lima (171), Weverton (183), Felipe Melo (210), Willian (243) e Dudu (310).


Em certa partida na temporada passada (goleada por 4 a 0 sobre o Oeste, pela 3ª rodada do Paulista, no Pacaembu), Marcos Rocha saiu de campo como líder praticamente de todos os índices individuais do campeonato inteiro, tendo sido líder em passes, cruzamentos e desarmes. Este é apenas um exemplo da versatilidade e do diferencial individual que o camisa 2 faz em suas partidas inspiradas.



Vale lembrar ainda que Marcos Rocha é autor do gol mais recente marcado pelo time do Palmeiras: vitória por 1 a 0 sobre a Universidad Católica-CHI, pela Libertadores (houve ainda uma vitória posterior, sobre o Fluminense, mas foi um gol contra de Manoel; portanto, dentre o plantel esmeraldino, Rocha é o autor mais recente de uma bola na rede).

#palmeiras #verdao #alviverde #defensores #brasileirao



LEIA TAMBÉM: Palmeiras aposta em bom retrospecto de Abel Ferreira em clássicos para vencer Dérbi

E MAIS: Jorge pode estrear pelo Palmeiras no Dérbi deste sábado, veja




759 visitas - Fonte: Sociedade Esportiva Pa

Mais notícias do Palmeiras

Notícias de contratações do Palmeiras
Notícias mais lidas

Admir Arigone     

De boa....achar qie somos corneteiros por que o timeme ficou 1 semana de folga e parecia qie era bambi que tá inha folgado....nao da pra aceitar...cririca esqiema tatico....podemos sim.....voltamos a dar bica pro alto pra casquinha do deverdson....nao conseguimos fazer uma triangulação...lempejos de organização....sou palmeiras ate a morte...mas com elenco desses podemos jogar mais...

Carlos Santos     

Nilson Severino, o melhor comentário do dia. Aplausos.

Rogério M     

Sofreu 2 e com o penalti poderia ser 3, escale certo tecnico burro

Nilson Severino     

Os modinhas continuam acreditando na imprensa Gambá/Bambi. Abel grosso, retranqueiro. O arrogante argentino europeu, Crespo, é considerado um lord e estrategista. Tomou de 5 do fla e não perde a pose. Imprensa Gambá/Bambi + torcedor modinha = merda

Ainda bem que tem o VAR, senão teríamos sido roubados... continuamos liderd

Carlos Santos     

Abel é BESTIAL vai fazer Borja marcar muitos gols, Abel é uma BESTA empatou com os Bambis. Só a Ciência pra estudar os Cornetas.

So sei de uma coisa ! Si fosse o Felipão estariam chamndo o cara retracanqueiro mim as como e o português acham que ele e brilhante , cara t a corage de jogar contra um ti e inferior co uma linha de 4 defesores + 2 volante demarcação , o que mim reta e dar meus parabéns continua assim que iremos lonje .

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou .

Últimas notícias

Próximo Jogo - Libertadoores

Ter - 21:30 - Mineirão - SBT
Atlético MG
Palmeiras

Último jogo - Brasileiro

Sáb - 19:00 - Neo Química Area
Corinthians
2 1
Palmeiras
Untitled Document
Classificação
1 Atletico-MG
2 Palmeiras
3 Fortaleza EC
4 Flamengo
5 RB Bragantino
6 Corinthians
7 Internacional
8 Fluminense
9 Atletico Paranaense
10 Cuiaba
11 Ceará
12 Atletico Goianiense
13 São Paulo
14 Juventude
15 America Mineiro
16 Santos
17 Bahia
18 Grêmio
19 Sport Recife
20 Chapecoense-sc
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
46 21 14 4 3 32 13 19 EEVVE
38 21 12 2 7 33 25 8 DVDVD
36 22 10 6 6 30 23 7 EDDDV
35 19 11 2 6 36 19 17 EVVDE
33 21 8 9 4 32 24 8 VEDED
33 22 8 9 5 22 19 3 VEEEV
32 21 8 8 5 26 22 4 EEVVV
32 22 8 8 6 24 24 0 EVVEV
30 21 9 3 9 29 26 3 DEDVV
29 22 6 11 5 23 22 1 EVVEE
28 21 6 10 5 20 21 -1 EDDEV
27 21 6 9 6 17 20 -3 EEEDE
27 22 6 9 7 18 23 -5 EDVEE
26 22 6 8 8 21 25 -4 EEDDV
24 22 5 9 8 19 24 -5 VVEEE
24 22 5 9 8 20 28 -8 DDEED
23 22 6 5 11 25 35 -10 DVEED
22 20 6 4 10 17 22 -5 VDVVD
17 22 3 8 11 8 19 -11 EEDDD
10 22 1 7 14 17 35 -18 EDVDD
Libertadores Pré-Libertadores Sul-Americana Rebaixados
vitoria empate derrota
Untitled Document
Classificação
1 Bragantino
2 Palmeiras
3 Novorizontino
4 Ituano
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
23 12 6 5 1 15 7 8 VVEEE
21 12 6 3 3 18 10 8 DDVVV
19 12 5 4 3 17 12 5 VEDED
13 12 4 1 7 10 14 -4 DVVDD
Untitled Document
Classificação
1 Palmeiras
2 Defensa Y Justicia
3 Independiente Del Valle
4 Universitario
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
9 3 3 0 0 10 3 7 VVV
4 3 1 1 1 5 3 2 EVD
1 2 0 1 1 1 6 -5 ED
0 2 0 0 2 2 6 -4 DD