31/10/2020 11:35

Abel é o 8º europeu e 23º estrangeiro no comando do Palmeiras

Oficializado como novo técnico do Palmeiras, Abel Ferreira é o primeiro português, o oitavo europeu e o 23º estrangeiro a assumir o comando do Maior Campeão do Brasil na história.

O último treinador alviverde nascido na Europa tinha sido o italiano Caetano De Domenico, que conquistou o Campeonato Paulista de 1940 e permaneceu no Palestra Italia até 1941, portanto ainda antes da mudança do nome do clube, em 1942 (o penúltimo, o húngaro Eugênio Medgyessy, também sagrou-se campeão, no estadual de 1932). Já o mais recente comandante de fora do país era o argentino Ricardo Gareca, em 2014.

O primeiro técnico estrangeiro foi o italiano Adriano Merlo, que trabalhou em um jogo da campanha do título paulista de 1920, o primeiro da história alviverde, e conduziu a equipe ao bi estadual em 1926, em parceria com Ítalo Bosetti.


Ainda na época do Palestra Italia, o uruguaio Humberto Cabelli, primeiro comandante sul-americano, ficou marcado pela conquista do único tricampeonato paulista do clube (alcançou o título invicto em 1932, levou a taça pela segunda vez seguida em 1933 e deixou o time por um breve período em 1934, mas voltou no mesmo ano e se sagrou campeão com apenas uma derrota).

Presente no tricampeonato paulista de 1932, 1933 e 1934 como jogador, o também uruguaio Ventura Cambon se tornou o treinador estrangeiro com mais partidas disputadas pelo Verdão (é o quarto no geral com 294 jogos) e o técnico que mais vezes assumiu o comando da equipe, de maneira interina ou efetiva, independentemente da nacionalidade, em todos os tempos (15 no total).

Campeão paulista em 1944 dividindo o cargo com o ídolo Bianco, Cambon teve seu melhor momento no início da década de 50, quando, já em janeiro de 1951, pegou o time na reta final de um Paulistão praticamente nas mãos do São Paulo e conseguiu levar o Palmeiras ao título estadual de 1950. Meses depois, era ele o treinador na conquista do mais importante troféu da história do clube, o Mundial Interclubes de 1951, e faturou ainda o Torneio Rio-São Paulo daquele ano.

Outro estrangeiro de sucesso foi o argentino Filpo Nuñez, grande maestro da Academia de Futebol do Palmeiras, que brilhou na campanha vitoriosa do Rio-São Paulo de 1965. Além de praticar um jogo coletivo e envolvente, o time alviverde era uma máquina ofensiva: foram 12 vitórias em 16 jogos, apenas uma derrota, e uma média de três gols por partida (49 bolas na rede), com direito a goleadas de 7 a 1 no Santos, 5 a 0 no São Paulo e 4 a 1 no Vasco e no Flamengo.

Filpo ostenta até hoje o feito de ser o único técnico nascido fora do país a comandar a Seleção Brasileira, quando o Brasil foi inteiramente representado pelo Palmeiras na partida inaugural do Estádio Mineirão, também em 1965, e venceu a seleção do Uruguai por 3 a 0.


Abel Ferreira tem como próximos desafios o Campeonato Brasileiro, a Copa do Brasil e a CONMEBOL Libertadores. Ele será o terceiro técnico estrangeiro a comandar o Palmeiras no principal torneio do continente – os outros dois, os argentinos Armando Renganeschi e Alfredo Gonzalez, alcançaram as finais e se sagraram vice-campeões da América com o Verdão, respectivamente, em 1961 e 1968.

Confira todos os técnicos estrangeiros da história do Palmeiras:

1. Adriano Merlo (Itália): 1920, 1926 e 1929
2. Attilio Fresia (Itália): 1921
3. Dante Vagnotti (Itália): 1922 e 1927
4. Renzo Mangiante (Itália): 1926 e 1927
5. Emeric Hirchel (Hungria): 1929
6. Humberto Cabelli (Uruguai): 1930, 1932 a 1933 e 1934 a 1935
7. Eugênio Medgyessy, o Marinetti (Hungria): 1929 a 1930 e 1932
8. Ramon Platero (Uruguai): 1934 e 1938 a 1939
9. Carlos Viola (Uruguai): 1935
10. Ventura Cambon (Uruguai): 1935 a 1936, 1938 a 1939, 1941, 1944 a 1945, 1946 a 1947, 1948, 1949 a 1950, 1951 a 1952, novamente 1952, 1953, 1954, 1955, novamente 1955 a 1956, 1957 e novamente 1957
11. Caetano De Domenico (Itália): 1940 a 1941
12. Conrado Ross (Uruguai): 1946
13. Felix Magno (Uruguai): 1948
14. Segundo Villadoniga (Uruguai): 1949
15. Jim Lopes (Argentina): 1950
16. Abel Picabéa (Argentina): 1952
17. Ondino Vieira (Uruguai): 1953
18. Armando Renganeschi (Argentina): 1961
19. Filpo Núñez (Argentina): 1964 a 1965, 1968 a 1969 e 1978 a 1979
20. Fleitas Solich (Paraguai): 1966
21. Alfredo Gonzalez (Argentina): 1968
22. Ricardo Gareca (Argentina): 2014
23. Abel Ferreira (Portugal): desde 2020


Palmeiras, Técnico, Estrangeiros



LEIA TAMBÉM: Palmeiras faz cinco trocas na lista de inscritos na Libertadores

LEIA TAMBÉM: [COMENTE] Para você, o Palmeiras faz certo ao dar uma "nova chance" para Ramires?

LEIA TAMBÉM: Consagrado no Verdão, Felipão é indicado ao prêmio de melhor técnico do Século XXI




1758 visitas - Fonte: Palmeiras.com.br

Mais notícias do Palmeiras

Notícias de contratações do Palmeiras
Notícias mais lidas

Neusa Archangelo     

Boa sorte e seja feliz no nosso verdão.

Só espero que tenham paciência com o cara e que numa eventual demora na adaptação não chamem caim rsrs.

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou .

Últimas notícias

Próximo Jogo - Libertadores

Qua - 19:15 - Estádio Jocay - FoxSports
Delfín
Palmeiras

Último jogo - Brasileiro

Sáb - 21:00 - Hailé Pinheiro
Goiás
1 0
Palmeiras
Untitled Document
Classificação
1 Atletico-MG
2 Flamengo
3 São Paulo
4 Internacional
5 Fluminense
6 Palmeiras
7 Santos
8 Grêmio
9 Atletico Paranaense
10 Bahia
11 Fortaleza EC
12 Atletico Goianiense
13 Bragantino
14 Corinthians
15 Sport Recife
16 Ceará
17 Vasco DA Gama
18 Coritiba
19 Botafogo
20 Goiás
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
39 22 12 3 7 39 28 11 DVVDE
39 22 11 6 5 37 31 6 EDDEV
37 19 10 7 2 30 18 12 EVVVE
36 22 10 6 6 33 22 11 EDEDD
35 22 10 5 7 31 25 6 VVDDV
34 21 9 7 5 28 21 7 VVVVD
34 22 9 7 6 30 25 5 DVEVD
34 21 8 10 3 26 19 7 VVVVE
28 22 8 4 10 19 21 -2 DVVVV
28 22 8 4 10 28 34 -6 DVVVD
28 22 7 7 8 22 20 2 DDDEV
27 22 6 9 7 20 27 -7 DDEEV
26 22 6 8 8 29 28 1 VDEVV
26 22 6 8 8 24 29 -5 VVEDE
25 22 7 4 11 19 29 -10 EVEDD
25 21 6 7 8 27 32 -5 VEEDE
24 21 6 6 9 23 27 -4 EDVEE
20 22 5 5 12 20 31 -11 DVEDD
20 21 3 11 7 21 27 -6 EEDDD
15 20 3 6 11 22 34 -12 DEDDV
Libertadores Pré-Libertadores Sul-Americana Rebaixados
vitoria empate derrota
Untitled Document
Classificação
1 Palmeiras
2 Santo André
3 Novorizontino
4 Botafogo SP
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
22 12 6 4 2 17 6 11 EEEDV
20 12 6 2 4 14 13 1 EDDED
19 12 4 7 1 12 8 4 VEEDV
11 12 3 2 7 9 23 -14 DVDVD
Untitled Document
Classificação
1 Palmeiras
2 Guarani Campinas
3 Bolívar
4 Tigre
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
13 5 4 1 0 12 2 10 VVVEV
10 5 3 1 1 10 5 5 VDVEV
4 5 1 1 3 4 10 -6 DVDED
1 5 0 1 4 3 12 -9 DDDED