5/3/2021 11:25

Gremista na infância, Prass se reconhece como ídolo e diz: "Minha torcida é pelo Palmeiras"

"Hoje posso dizer que sou palmeirense, não tem como", afirma o ex-goleiro do Verdão

Agora na condição de ex-jogador, Fernando Prass terá uma torcida na partida entre Palmeiras e Grêmio, neste domingo, que vale o título da Copa do Brasil de 2020.



Mesmo ligado aos dois clubes – Prass jogou pelo Grêmio e era torcedor do clube gaúcho quando criança –, o ex-goleiro afirmou ter preferência pelo Verdão, pela passagem recente pela equipe palmeirense e também pela família.

– Eu hoje posso dizer que sou palmeirense, não tem como. Se você assistir com meu filho do lado, vai ver como é torcedor. Ele é fanático, e eu também, não tem como. Pelo carinho que tenho, pela história e pelas amizades que tenho lá, jogadores e funcionários, amigos pessoais. Por mais que eu tenha sido torcedor do Grêmio na infância, tem esse laço até familiar, mas a minha torcida, óbvio, é pelo Palmeiras – admitiu Prass.

Em entrevista ao ge, Prass falou sobre o fim da carreira e planos para o futuro. Depois de atuar na temporada de 2020 pelo Ceará, o ex-atleta decidiu se aposentar da carreira

E a condição de ídolo do Palmeiras já é uma realidade.

– Sempre falei que é difícil, estando lá dentro ver. Quando eu saí para o Ceará já tive uma impressão melhor do carinho e respeito que a torcida tem por mim. Hoje eu li que estou na página dos goleiros históricos, mas no dia a dia eu noto esse respeito muito grande. É um sinal de que tem uma admiração especial, no caso a palavra ídolo. Hoje de fora eu vejo com muito mais nitidez o carinho que a torcida tem por mim.



O Palmeiras venceu por 1 a 0 a primeira final contra o Grêmio, disputada em Porto Alegre. O jogo da volta será neste domingo, às 18h (de Brasília), no Allianz Parque. O Verdão tem a vantagem de poder empatar para ser campeão do torneio nacional.


Veja outros trechos da entrevista de Fernando Prass ao ge:

Ídolo de uma geração de palmeirenses:
– É muito legal. A gente é profissional do futebol, é remunerado, mas tem essa outra remuneração, a emocional, afetiva. Essa não adianta tu exigir, colocar em contrato, isso é uma troca. Eu me sinto muito realizado por isso, muito, muito, muito. Dinheiro se eu investir, montar um negócio, pegar meus negócios lá em Santa Catarina, vou ganhar dinheiro. Mas esse reconhecimento é uma coisa espontânea, e ainda mais em um clube…. Essa retomada foi em cima de conceitos que acredito muito no futebol. Sempre me envolvi com as coisas do clube.


– O Palmeiras se reergueu em cima de uma gestão profissional, que começou com o Paulo (Nobre, ex-presidente). A gente ainda não tem clube empresa no Brasil. Em Portugal já se tem há 20 anos. Você tem o modelo de clube, associação, sem fins lucrativos, mas hoje sabemos que o futebol não é mais uma entidade sem fins lucrativos. O Palmeiras virou protagonista de novo com esse modelo de gestão. Como o Flamengo. Começou com o Paulo, cresceu com a parceria com a Crefisa e segue com o Maurício (Galiotte, atual presidente). Eu fico feliz de ter participado.

Reconstrução do Palmeiras
– 2015 é importante porque é um marco no começo da fase vencedora. Mas, cara, acho que 2014 foi mais importante. Imagina o Palmeiras em um contexto de dois rebaixamentos praticamente seguidos? Acho que seria muito complicado. Olhando o lado positivo, é 2015, mas 2014 foi muito mais decisivo para estar na situação que está.

Imaginava ser protagonista de um título nacional como em 2015?
– Uma decisão por pênaltis, pegando dois ou três, sim. Mas batendo o quinto, acabando com o campeonato, em um time gigante, nunca. Eu não teria escrito um roteiro tão perfeito. Mas dá saudade, né. O que o cara mais sente saudade é essa adrenalina do futebol. Nenhuma profissão vai te dar essa adrenalina que é o futebol.


Trabalho de Abel Ferreira
– O Andrey (Lopes, auxiliar) foi fundamental para não ter essa ruptura muito grande, para o Abel não ter que descobrir tudo por si só. O Andrey foi o alicerce para o Abel ter uma adaptação rápida. Se não tivesse o Andrey ali, é sempre complicado chegar de outro país e conhecer tudo. O Abel está sendo muito mais gestor do que treinador, porque treinar mesmo as equipes, colocar suas ideias, porque sei que ele gosta, ele não tem tanto tempo. Então está sendo mais gestor. As avaliações que eu tenho são muito positivas, tanto na questão técnica e tática, como na questão de comportamento, gestão, trato com as pessoas, mentalidade. Tem alguns atletas que ficaram realmente impressionados com a mentalidade e maneira de ser do Abel.

Título da Libertadores de 2020
– Foi muito legal porque eu vivi sete anos ali, eu entendo como era importante essa conquista da Libertadores. Tanto para os jogadores, como para os funcionários, o clube em geral. Eu fiquei muito feliz pela conquista. Eu nunca tinha passado por um clube que tivesse essa obsessão tão grande por um título. Eu imagino a felicidade e satisfação do trabalho sendo recompensado por um título desse tamanho.

Planos para o futuro
– Com certeza vou ficar trabalhando no futebol. Quando comecei a fazer administração, já era pensando nisso. Pensei em fazer direito, mas minha esposa é advogada. Analisando, pensei que a administração seria um curso que daria uma visão bem global. Eu me vejo trabalhando no futebol sim, mas em qual função ainda não sei. Sou muito curioso. Eu ainda estou no futebol, o que já recebi de pessoas pedindo indicação de jogador desde que parei, convites para participar de projetos de gestão de clubes, dois, três projetos de formação de clubes. Então provavelmente eu vá ficar no meio do futebol. Mas tudo muito recente para definir o que vou fazer precisamente.



Sobre voltar ao Palmeiras em outra função
– Eu sou profissional aposentado, vou buscar me encaixar de novo no futebol. Independente da onde seja. Dentro de campo não me vejo, me vejo mais na função administrativa, de gestão. O Palmeiras é um grande clube, mas não sei se encaixaria ou não, estou por fora. Mas como falei já tive contatos com várias pessoas, em várias situações, e acho que muito em breve eu devo estar mexendo com algum projeto novo.

Palmeiras, Verdão, Prass



LEIA TAMBÉM: Perto de estreia na Libertadores 2021, Abel Ferreira tenta evitar pior sequência no comando do Palmeiras

LEIA TAMBÉM: Palmeiras busca alternativas para calendário apertado e tenta reverter início de pressão

LEIA TAMBÉM: Palmeiras aposta em bom retrospecto contra o Botafogo-SP para quebrar sequência ruim




5274 visitas - Fonte: Globo Esporte

Mais notícias do Palmeiras

Notícias de contratações do Palmeiras
Notícias mais lidas

Tinha q aposentar no Palmeiras, grande cara grande goleiro.

Josiel Ramos     

Marcos Bruniera, faço das suas palavras as minhas.dale porco ??

Alberto Rezende     

Naquele 02 de dezembro de 2015 eu via o jogo pela ESPN com Paulo Andrade quando ele foi bater o penalty contra o Santos eu desliguei a tv. e liguei logo em seguida ai foi so vibrar com domingo se Deus quiser.

Alberto Rezende     

Este tem um valor inestimavel foi um gigante em defesa do nosso verdao.Ele merece ser utilizado pelo verdao nas categorias de base.

Esse honrou a camisa VERDE como poucos. Um ídolo da nação alviverde.

José Cândido     

Um dos melhores goleiro que o Palmeiras já teve

Roberto Tolin     

(safra)... sagrado

Roberto Tolin     

Grande Prass. Mais um monstro safra que vestiu e honrou nosso manto. Merece todos nossos elogios e gratidão.

Marcos Bruniera     

São Prass... Adoro esse cara. Íntegro, e comprometido cm o q faz. Acho q o próprio Palmeiras poderia usa lo em algo para o clube. Sem contar q merece um jogo de despedida. Só cm ex jogadores q passaram por sua vida. Tanto Palmeiras, como Grêmio, e Vasco. Seria lindo ver um jogo desse...AVANTE PALESTRA.

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou .

Últimas notícias

Próximo Jogo - Libertadores

Qua - 21:00 - Monumental U - FoxSports
Universitário
Palmeiras

Último jogo - Paulista

Dom - 20:00 - Estádio Santa Cruz
Botafogo-SP
0 0
Palmeiras
Untitled Document
Classificação
1 Flamengo
2 Internacional
3 Atletico-MG
4 São Paulo
5 Fluminense
6 Grêmio
7 Palmeiras
8 Santos
9 Atletico Paranaense
10 Bragantino
11 Ceará
12 Corinthians
13 Atletico Goianiense
14 Bahia
15 Sport Recife
16 Fortaleza EC
17 Vasco Da Gama
18 Goiás
19 Coritiba
20 Botafogo
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
71 38 21 8 9 68 48 20 VEVVD
70 38 20 10 8 61 35 26 EDVDE
68 38 20 8 10 64 45 19 DEEVV
66 38 18 12 8 59 41 18 EVEDV
64 38 18 10 10 55 42 13 VEVEV
59 38 14 17 7 53 40 13 EVDVD
58 38 15 13 10 51 37 14 VDEED
54 38 14 12 12 52 51 1 EVVED
53 38 15 8 15 38 36 2 EEVDV
53 38 13 14 11 50 40 10 VEEEV
52 38 14 10 14 54 51 3 DEDVV
51 38 13 12 13 45 45 0 EDDEE
50 38 12 14 12 40 45 -5 DEDEV
44 38 12 8 18 48 59 -11 DEEVV
42 38 12 6 20 31 50 -19 VVEDD
41 38 10 11 17 34 44 -10 VVDDD
41 38 10 11 17 37 56 -19 DDDEV
37 38 9 10 19 41 63 -22 VEVED
31 38 7 10 21 31 54 -23 DDVDD
27 38 5 12 21 32 62 -30 DDDVD
Libertadores Pré-Libertadores Sul-Americana Rebaixados
vitoria empate derrota
Untitled Document
Classificação
1 Palmeiras
2 Santo André
3 Novorizontino
4 Botafogo SP
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
22 12 6 4 2 17 6 11 EEEDV
20 12 6 2 4 14 13 1 EDDED
19 12 4 7 1 12 8 4 VEEDV
11 12 3 2 7 9 23 -14 DVDVD
Untitled Document
Classificação
1 Palmeiras
2 Guarani Campinas
3 Bolívar
4 Tigre
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
13 5 4 1 0 12 2 10 VVVEV
10 5 3 1 1 10 5 5 VDVEV
4 5 1 1 3 4 10 -6 DVDED
1 5 0 1 4 3 12 -9 DDDED