11/7/2020 08:10

Chapéu, gols em decisão e títulos mostram o que Palmeiras perde sem Dudu

Um dos clubes mais ricos e vencedores do futebol brasileiro, o Palmeiras deu início a uma retomada esportiva e financeira há pouco mais de cinco anos. Fora de campo, dois fatores se tornaram determinantes para essa situação: o Allianz Parque e o acordo com a Crefisa. No gramado, um dos símbolos da reconstrução foi o atacante Dudu, que deixará o clube após um acerto com o Al-Duhail, o Qatar.



LEIA TAMBÉM: Elenco palmeirense encerra semana de treinos com atividades técnicas e caixa de areia; veja como foi

Contratado de forma surpreendente, com reviravolta sobre Corinthians e São Paulo, Dudu chegou ao Palmeiras com status de estrela. O clube alviverde superou os rivais ao desembolsar 3 milhões de euros por 50% dos direitos econômicos do atacante.

Dudu logo caiu nas graças do torcedor, até pela forma como foi contratado. No fim do primeiro ano, conseguiu apagar a má imagem deixada na final do Estadual, quando perdeu um pênalti contra o Santos na partida de ida e foi expulso de campo na volta, depois de empurrar o árbitro Guilherme Ceretta pelas costas.

Em dezembro, novamente contra o Santos, marcou dois gols na final da Copa do Brasil. Nos pênaltis, com o brilho de Fernando Prass, outro símbolo da retomada alviverde, o Palmeiras conquistou o terceiro título na competição.

A liderança técnica voltou à tona na campanha do título brasileiro de 2016, conquistado depois de 22 anos de jejum do Palmeiras no Nacional. Dali a duas temporadas, depois de insucessos na Libertadores e a perda de um pênalti na decisão com o Corinthians no Paulistão, o Palmeiras conquistou o Brasileirão mais uma vez. E o camisa 7 foi novamente protagonista.

Naquela temporada, Dudu se tornou o maior artilheiro do clube no atual século ao atingir a marca de 54 gols com a camisa 7 do clube. Desde então, até março passado, voltou às redes em mais 16 oportunidades. Com 70 gols, o atacante supera Vagner Love, Willian, Valdivia e Kléber no período de 2001 a 2020.

Em cinco anos e meio de Palmeiras, Dudu foi convocado duas vezes para a seleção brasileira. Tite incluiu o atacante na lista de um amistoso com a Colômbia, em janeiro de 2017, quando apenas atletas que atuam no futebol brasileiro foram chamados. No mesmo ano, substituiu Douglas Costa, cortado, para os jogos contra Uruguai e Paraguai, pelas Eliminatórias.

O Al-Duhail pagará 7 milhões de euros (R$ 42,2 milhões) por um ano de contrato e pode exercer a compra do atacante por mais 6 milhões de euros (R$ 36,2 milhões). Dudu deve viajar ao Qatar já neste sábado (11) para concluir exames médicos e assinar contrato. A transferência acontece em meio a uma acusação de agressão feita por Mallu Ohana, esposa do atleta.



LEIA TAMBÉM: Vai ou fica? Futuro de Scarpa será definido apenas no fim deste mês

Palmeiras, dudu, títulos, decisivo, perda



LEIA TAMBÉM: Regra da FIFA faz Corinthians jogar na Globo e Palmeiras ir para o Premiere na semi

LEIA TAMBÉM: Palmeiras é mais efetivo no segundo tempo do jogo

LEIA TAMBÉM:Veja os duelos das semifinais do Campeonato Paulista


1227 visitas - Fonte: UOL

Mais notícias do Palmeiras

Notícias de contratações do Palmeiras
Notícias mais lidas

Já rendeu demais esse assunto. Vai ser feliz por lá que seremos por aqui.

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou .

Últimas notícias

Próximo Jogo - Paulista

Qua - 21:30 - Arena Corinthians - TVGlobo
Corinthians
Palmeiras

Último jogo - Paulista

Dom - 19:00 - Allianz Parque
Palmeiras
1 0
Ponte Preta
Untitled Document
Classificação
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
Libertadores Pré-Libertadores Sul-Americana Rebaixados
vitoria empate derrota
Untitled Document
Classificação
1 Santo André
2 Palmeiras
3 Novorizontino
4 Botafogo SP
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
19 10 6 1 3 12 9 3
19 10 5 4 1 15 4 11
16 10 3 7 0 9 4 5
8 10 2 2 6 7 21 -14