5/8/2020 17:51

Entenda como Palmeiras e Corinthians se ajustaram pós-pandemia para chegarem à final do Paulistão 2020

Palmeiras e Corinthians se enfrentarão em uma final de Paulistão pela segunda vez em três anos. Com perspectivas distintas na fase de grupos do campeonato, ambas as equipes têm uma convergência em seus caminhos no mata-mata até a decisão: novos rostos nas formações principais e ajustes no meio de campo.



LEIA TAMBÉM: Prass não vê favorito em Dérbi e diz que Palmeiras "perdeu" outros meninos da base


Palmeiras

Com dificuldades para encontrar uma formação ideal após a saída de Dudu para o Catar, muito de discutiu sobre a ausência de um “camisa 10” no Palmeiras. Lucas Lima, Gustavo Scarpa, Zé Rafael... todos nomes vistos com certa desconfiança por parte da torcida palmeirense.

Eis que pintou, nas duas últimas partidas, uma formação sem o chamado “meia de ligação”. Com Ramires, Patrick de Paula e Gabriel Menino, Vanderlei Luxemburgo finalmente repetiu uma formação no meio de campo.

A presença dos garotos oriundos da base alviverde empolga boa parte dos torcedores e se justifica em números. Nas médias por partida neste Campeonato Paulista, Patrick de Paula e Gabriel Menino são os meio-campistas mais participativos do elenco palmeirense, sendo 1° e 2° com mais ações com bola, respectivamente.

Originalmente um meia mais ofensivo, Patrick de Paula entrou não como volante, mas mais como um meio-campista na formação palmeirense, que passou de um 4-2-3-1 para um 4-3-3.



Patrick tem sido uma peça fundamental tanto na destruição, quanto na construção de jogadas, comandando os jogadores do meio de campo do Palmeiras nos seguintes indicadores: Recuperações de Posse, Passes Recebidos, Passes Completos e Percentual de acerto passes no campo ofensivo.

O aumento dessas estatísticas (principalmente em Passes Recebidos e Completos) se dá pela maior participação de Patrick na saída de bola, se revezando com Ramires para buscar a bola entre os zagueiros e distribuir o jogo, como também é possível visualizar na teia de passes.

Já o versátil Gabriel Menino, que chegou a atuar na lateral-direita, equilibra suas características defensivas para recuperar a bola, com chegada no último terço.

O camisa 25 recupera em média 2,6 bolas por jogo na região central do campo, número que o coloca como líder entre os meio-campistas palmeirenses no Paulistão. Em comparação com Ramires e Patrick de Paula, Menino foi quem mais teve ações com bola no terço decisivo do campo nos últimos dois jogos, o que indica também seu papel ofensivo nessa nova formação de Luxemburgo.

Dessa forma, o garoto da base se destaca de seus “concorrentes” por uma palavra que está “na moda” no meio futebolístico e que meio vem sendo cobrada pelos torcedores do Verdão: intensidade. Além de ter chegada e participar ativamente da criação ofensiva, Menino também tem “fome pela bola” quando está sem ela.

Corinthians

Já pelo lado da equipe de Tiago Nunes, foram três mudanças. Dentre elas, a mais interessante seja, talvez, a entrada de Jô. Mesmo fora de forma, o centroavante já demonstrou suas principais virtudes como referencial no ataque (para além de marcar gols), ajudando a equipe a reter mais a bola e vencendo os duelos aéreos.

Ao compararmos as médias de Jô com as de Boselli no Paulistão, podemos ter ideia desse significativo impacto.

O apurado pivô de Jô possibilita que ele tenha melhores médias de passes recebidos e completos, além de ter mais chances criadas e ações com bola por partida que Boselli. Além é claro da notória ameaça aérea que Jô é, com ótima média de disputas vencidas pelo alto.

Esse ponto inclusive pode ser explorado na partida desta quarta, tanto na bola parada, quanto na disputa pela primeira bola. Felipe Melo, zagueiro do Palmeiras que estará fora da partida, era justamente o titular que mais ganhava bolas aéreas pelo time alviverde.

A amostragem de Jô é de apenas dois jogos, mas já sabemos do que ele é capaz.

Já as mudanças promovidas no meio de campo foram as entradas de Mateus Vital e Éderson. Assim, Tiago optou por ter jogadores mais “de meio”, sem ter um ponta na equipe.

Vital entra para qualificar a troca de passes no setor e, inclusive, para suprir algumas deficiências de Luan, que vem tendo atuações apagadas.

Nos 2 últimos jogos, por exemplo, Mateus Vital foi o líder em passes e o 2° com mais ações com bola dentro do terço final. Esses são números que superam as médias de Luan no campeonato.

Éderson também foi uma grata surpresa nos últimos 2 jogos. Teve 95,4% de passes completos no campo de ataque e 92,9% de precisão nos passes para o terço final liderando ambas as estatísticas. Entretanto, a obviedade merece destaque.

O volante corintiano não teve medo de arriscar finalizações e foi recompensado por isso, com um gol em cada partida na fase de mata-mata. Além disso, é o jogador do elenco que precisa de menos minutos até marcar, com 90,1 minutos a cada gol.

Não para por aí. Éderson é responsável por todos os gols marcados de fora da área pelo Corinthians no Paulistão, sendo um em cada um dos últimos 3 jogos. Uma boa ferramenta para uma equipe que não tem conseguido muitas ações na área adversária.

Melhora nos passes

As mudanças promovidas por Luxemburgo e Tiago Nunes nesses últimos dois jogos ajudaram as equipes a aumentar a troca de passes e a qualidade deles. No caso do Palmeiras, deixando os passes mais incisivos, como mostra o aumento de passes para frente e para o terço final. No caso do Corinthians, aumentando a troca de passes em geral e o percentual de passes certos no ataque.

Veremos se a tônica irá se manter nos Dérbis decisivos.








Palmeiras, Paulistão, Final, Corinthians, Estatísticas, Análise, 2020, Verdão





LEIA TAMBÉM:Denílson vê Palmeiras em "situação confortável" apesar de empates

LEIA TAMBÉM:Scarpa tenta ressurgir no Palmeiras

LEIA TAMBÉM:Muricy: Parece que o vírus afetou mais o Palmeiras que o Flamengo'


960 visitas - Fonte: ESPN

Mais notícias do Palmeiras

Notícias de contratações do Palmeiras
Notícias mais lidas

Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou .

Últimas notícias

Próximo Jogo - Libertadores

Qua - 19:15 - Alliaz Parque - FoxSports
Palmeiras
Bolívar

Último jogo - Brasileiro

Dom - 16:00 - Allianz Parque - SP
Palmeiras
1 1
Flamengo
Untitled Document
Classificação
1 Internacional
2 Atletico-MG
3 São Paulo
4 Vasco DA Gama
5 Flamengo
6 Palmeiras
7 Santos
8 Fluminense
9 Ceará
10 Fortaleza EC
11 Corinthians
12 Atletico Goianiense
13 Grêmio
14 Atletico Paranaense
15 Sport Recife
16 Bahia
17 Botafogo
18 Goiás
19 Coritiba
20 Bragantino
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
20 10 6 2 2 15 6 9 VEEVD
18 9 6 0 3 14 9 5 DVVDV
18 10 5 3 2 13 11 2 VDVEE
17 9 5 2 2 15 9 6 DEVDV
17 10 5 2 3 13 13 0 VVVVD
17 9 4 5 0 13 8 5 EEVVE
15 10 4 3 3 14 12 2 DEVVE
14 10 4 2 4 12 13 -1 VEDDV
13 10 4 1 5 10 12 -2 VVDDV
12 10 3 3 4 10 9 1 VDDVE
12 10 3 3 4 15 16 -1 VEDDV
12 9 3 3 3 9 11 -2 DEEVV
12 9 2 6 1 8 6 2 EDEVE
11 10 3 2 5 8 10 -2 DEDEV
11 10 3 2 5 10 13 -3 DVVDE
9 10 2 3 5 12 18 -6 DEDDD
9 9 1 6 2 9 11 -2 DEEED
8 8 2 2 4 11 13 -2 VDDEV
8 10 2 2 6 7 12 -5 VEDED
7 10 1 4 5 10 16 -6 DEDED
Untitled Document
Classificação
1 Santo André
2 Palmeiras
3 Novorizontino
4 Botafogo SP
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
19 10 6 1 3 12 9 3
19 10 5 4 1 15 4 11
16 10 3 7 0 9 4 5
8 10 2 2 6 7 21 -14
Libertadores Pré-Libertadores Sul-Americana Rebaixados
vitoria empate derrota