26/9/2021 08:02

Análise: sem fome, Palmeiras mostra pouco no Dérbi e perde na bola e na vontade

Verdão novamente tem atuação abaixo do esperado; é preciso melhorar para decisão de terça

Certamente você já ouviu no futebol a expressão "disputar cada bola como se fosse um prato de comida". Pois foi exatamente isso que o Palmeiras não fez na derrota por 2 a 1 para o Corinthians, neste sábado.







Foram vários os momentos e lances em que os jogadores do rival pareciam estar com mais vontade e gana para disputar o clássico.







Isso soa quase como um absurdo =diante da importância de um jogo contra o Corinthians, mas foi o que aconteceu. E essa avaliação foi a mesma de Abel Ferreira.





– Uma coisa que temos que ter em um Dérbi é agressividade nos duelos. Quando olhamos para o gol e a forma como abordamos o lance, é fácil identificar que as divididas são fundamentais para nós ganharmos. Não pode sofrer um gol dessa maneira – disse.



O lance ao qual ele se refere é o primeiro gol de Róger Guedes, no qual Renato Augusto, praticamente caído, ganha a disputa com Luan e Patrick de Paula e inicia a jogada.



No segundo gol, o ataque do Corinthians cria a jogada sem nenhum incômodo, e Roger Guedes tem todo o espaço do mundo para cortar para o meio e chutar.



Fora isso, o Palmeiras mostrou muito pouco tecnicamente. O meio de campo com a dupla que o torcedor mais pede, Danilo e Patrick de Paula, não funcionou. Deixou muitos espaços e não fez o time jogar. Os dois tiveram atuação bem ruim, sobretudo o segundo.





Mais uma vez, faltou criatividade ao Palmeiras. Com o Corinthians muito fechado, marcando no seu próprio campo e com o time bem compactado, o setor ofensivo não conseguiu conectar passes para furar esses bloqueio e criar boas jogadas. Dudu e Gustavo Scarpa estiveram muito apagados, assim como Luiz Adriano e Wesley.





O Palmeiras melhorou no segundo tempo com várias mudanças, principalmente com Zé Rafael no meio, o que deu mais dinamismo à equipe. Ainda conseguiu criar um pouco mais, principalmente em cruzamentos para a área, acertou a trave e teve algumas oportunidades. Mas longe de ser um domínio e uma pressão forte para o Corinthians.



O setor defensivo também esteve longe de viver seus melhores dias. Espaçado e com pouca proteção, sofreu com as investidas do ataque do adversário, principalmente com Willian e Róger Guedes.



O Palmeiras precisa jogar muito melhor se quiser se classificar para a final da Libertadores na partida de terça-feira, contra o Atlético-MG. Mas não é só isso.



Como o próprio Abel deixou claro, em jogos desse tamanho é preciso querer mais, ser mais agressivo, não cometer vacilos como os que vimos em Itaquera.







Para isso, os jogadores precisam ter na cabeça que o duelo em Belo Horizonte pode decidir a temporada. Com o título do Brasileirão cada vez mais longe, o jogo de terça vale o ano para o Palmeiras.



LEIA TAMBÉM: "É um craque", Abel vê Dudu como solucionador de problemas no Palmeiras



E MAIS: Cotado para substituir Edu Dracena no Palmeiras, Prass fará estágios em clubes europeus





E MAIS: Veja como está o Palmeiras a um mês da final da Libertadores










543 visitas - Fonte: Globo esporte

Mais notícias do Palmeiras

Notícias de contratações do Palmeiras
Notícias mais lidas

Time covarde, reformulação já

#foraabel.

Roberto Tolin     

Esse jogo foi pra mostrar pra esses torcedores, que ficam endeusando esses muleques da base, que eles não são nenhuma maravilha. Dois gols em cima deles. No primeiro o Patrick entrou com o pé "mole" e o cara foi pra dentro da área. No segundo, reclamam tanto do Marcos Rocha, e esse Gabriel menino, tomou um corte, estilo Marcos Rocha, e aquele arrombado fez o segundo gol. Portanto essa mulecada não é essa maravilha toda não. Eles tem muito que aprender ainda, começando pela vontade e garra. Se espelhem no Felipe Melo, ele pode dar uma aula pra essa turma.

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou .

Últimas notícias

Próximo Jogo - Brasileiro

Dom - 16:00 - Arena do Grêmio - Globo
Grêmio
Palmeiras

Último jogo - Brasileiro

Seg - 21:30 - Allianz Parque
Palmeiras
2 1
Sport
Untitled Document
Classificação
1 Atletico-MG
2 Palmeiras
3 Fortaleza EC
4 Flamengo
5 RB Bragantino
6 Internacional
7 Corinthians
8 Fluminense
9 Atletico Goianiense
10 America Mineiro
11 Cuiaba
12 Atletico Paranaense
13 São Paulo
14 Ceará
15 Bahia
16 Juventude
17 Santos
18 Sport Recife
19 Grêmio
20 Chapecoense-sc
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
59 27 18 5 4 44 20 24 EVVDV
49 28 15 4 9 42 34 8 DEVVV
48 28 14 6 8 38 30 8 VDVVV
46 25 14 4 7 47 24 23 EVVED
46 28 11 13 4 44 32 12 VVEEV
41 28 10 11 7 37 30 7 VVDEE
41 28 10 11 7 30 26 4 VDVDE
39 27 10 9 8 28 28 0 DEDVV
37 27 9 10 8 24 24 0 DEDVV
35 28 8 11 9 27 29 -2 VEDEV
35 28 7 14 7 27 28 -1 EEVED
34 27 10 4 13 32 36 -4 VDEDD
34 28 7 13 8 22 27 -5 EEEVD
32 27 6 14 7 25 29 -4 DEEDE
31 27 8 7 12 31 38 -7 DVEEV
29 28 6 11 11 27 36 -9 DEDDE
29 27 6 11 10 23 34 -11 EVDED
27 28 6 9 13 15 24 -9 VVDED
26 26 7 5 14 23 32 -9 EDDVD
13 28 1 10 17 24 49 -25 EDEDD
Libertadores Pré-Libertadores Sul-Americana Rebaixados
vitoria empate derrota
Untitled Document
Classificação
1 Bragantino
2 Palmeiras
3 Novorizontino
4 Ituano
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
23 12 6 5 1 15 7 8 VVEEE
21 12 6 3 3 18 10 8 DDVVV
19 12 5 4 3 17 12 5 VEDED
13 12 4 1 7 10 14 -4 DVVDD
Untitled Document
Classificação
1 Palmeiras
2 Defensa Y Justicia
3 Independiente Del Valle
4 Universitario
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
9 3 3 0 0 10 3 7 VVV
4 3 1 1 1 5 3 2 EVD
1 2 0 1 1 1 6 -5 ED
0 2 0 0 2 2 6 -4 DD