21/9/2020 09:31

Luxa explica Rony no time: "Tudo que é muito ruim hoje, é muito bom amanhã"

A estratégia de Vanderlei Luxemburgo contra o Grêmio foi se fechar e partir no contra-ataque, assim como fez o Palmeiras na altitude boliviana, pela Libertadores, e deu certo. Mas Rony, a principal arma ofensiva do plano do técnico alviverde ontem, voltou a ir mal e segue sem conseguir se firmar na equipe paulista.



A nova atuação ruim do grande reforço para a temporada pressiona o treinador por uma mudança. Enquanto o camisa 11 oscila, muitos pedem a escalação de Gabriel Veron no time titular.

É só por causa da parte física —Veron passou muito tempo contundido—e, desta forma, questão de tempo para isso acontecer? Após o empate de ontem, Luxa despistou e deu confiança a Rony, além de dizer que Veron ainda recupera a forma.

Fato é que a entrada da joia palmeirense no segundo tempo virou uma substituição "obrigatória" no clube. É assim desde a vitória sobre o Red Bull Bragantino, quando a promessa retornou depois de longo tempo fora e resolveu com gol e assistência.

A situação se repetiu contra Corinthians, Sport e ontem, em Porto Alegre, partidas do Campeonato Brasileiro, bem como contra o Bolívar, na Libertadores. Seja no lugar de Rony, ou de outro nome escalado pela esquerda do ataque — Wesley foi utilizado algumas vezes —, Veron vai entrar.

Resta entender até quando esta será a tônica do Verdão. Enquanto as críticas em cima de Rony aumentam, Luxa pede calma.

"Não tem como você blindar [o Rony], você protege um pouco mais no sentido do jogo. Botei o Rony para jogar porque ele teve uma atuação muito boa no jogo passado [contra o Bolívar]. Era a chance de poder ir bem e ocupar o espaço, pela qualidade que tem", afirmou.

"Duas partidas boas, dois gols resolvem o problema, muda tudo. Tudo que é muito ruim no futebol hoje, é muito bom amanhã".

Luxemburgo

"É a experiência que a gente tem no futebol. Não existe proteção ao jogador, proteger, só se mandar o jogador ficar em casa. Tem que ir colocando com inteligência. Vamos ter calma e seguir com ele", destacou o técnico.

Ontem, Gabriel Veron entrou no lugar de Rony aos 13 minutos do segundo tempo. A joia também teve atuação discreta e foi privilegiado em relação ao companheiro por conta de uma mudança na formação. No primeiro tempo, escalado ao lado de Willian no ataque, o camisa 11 virou praticamente a única opção no contra-ataque, até por causa da velocidade. Sozinho, no entanto, foi mal.

Veron, em contrapartida, viu Luxa abrir mais o time quando estava em campo, já que entraram Luiz Adriano e Wesley e a equipe passou a jogar com três atacantes. Na coletiva pós-jogo, o comandante disse que não deixou o camisa 10 e Veron no banco pensando no compromisso contra o Guaraní-PAR, pela Libertadores, na quarta-feira (23).

A pressão por mudanças no setor ofensivo, como aconteceu na etapa final do duelo contra o Grêmio no último domingo, pode influenciar em mexidas na frente — quem sabe com Veron titular — no confronto pela competição sul-americana.

Receio por escalar jovem não é problema

Medo de "queimar" Gabriel Veron parece não ser um problema para Vanderlei Luxemburgo, enfim, promover o atacante ao time titular. Foram com os jovens que o Palmeiras conquistou o Paulistão — Gabriel Menino até chegou à seleção brasileira — e hoje se sustenta na temporada. Ontem, foi a vez de Danilo ser titular, já que Patrick de Paula foi poupado por desgaste.

A mescla de experiência com juventude tem sido, inclusive, uma marca positiva do trabalho de Luxemburgo, que não se opõe a dar espaço para os garotos quando acha necessário. Pelo contrário. Ele, de toda forma, alerta para a alta expectativa em cima da molecada.

"É uma mescla de jogadores experientes com garotos. Temos que fazer os meninos se tornar mais experientes. Por isso que eu digo, não adianta jogar as responsabilidades nos meninos, não são só eles que precisam resolver os problemas do Palmeiras. Por isso temos Felipe Melo, Gómez, Luiz Adriano e diversos jogadores importantes", concluiu.



Palmeiras, Rony, Luxemburgo, Verdão, SEP



LEIA TAMBÉM: Torcida do Palmeiras faz campanha por Heinze; conheça o técnico

LEIA TAMBÉM: Ariel Holan surge como 'estrangeiro da vez' no Palmeiras; saiba quem é

LEIA TAMBÉM: Em entrevista, Gabriel Menino fala que quer ser ídolo na Europa




1482 visitas - Fonte: esporte.uol

Mais notícias do Palmeiras

Notícias de contratações do Palmeiras
Notícias mais lidas

Mal do Luxa ele aceita críticas.ele deveria parar de ser medroso colocar o time no atacaque.parar de retranca solta time comeca com 4 Atacantes define o jogo no primeiro tempo tar sempre deixando para segundo.tempo air sim coloca os jogadores para.segurar

Drausio Filho     

Sempre as mesmas justificativas, Luxenburro.... para de quer tampar o sol com a peneira e faz esse time jogar mais.

Gustavo Bissacot     

Una coisa é certa. Wesley é muito melhor que o Rony

Roberto Tolin     

Esse Rony é uma enganação. Não tem capacidade técnica nenhuma. Não sabe chutar a gol, não sabe driblar, não dá um passe certo e ainda se enrola com a bola e não é nervosismo não, é falta de capacidade mesmo. Saudades do keno...esse faz falta.

Carlos Renata     

Ta virando habito isso no Palmeiras e no fim o luxemburro quer minimizar o empate, beleza era um gremio da vida, mas e o sport, bahia,flumininse,goias? Semre ganhando e tomendo o empate no fim ta ficando ridiculo essa justificativa "a estamos invictos" pra que? Melhor q tivesse perdido 2 e ganhado 3 seria 9 pontos somados c o que temos e estariamos a 6 na feente do hj lider.

Se fechou tanto que tomou gol no final do jogo, pra que isso né?

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou .

Últimas notícias

Próximo Jogo - Brasileiro

Dom - 16:00 - Olímpico Pedro Ludovico - Globo
Atlético-GO
Palmeiras

Último jogo - Libertadores

Qua - 21:30 - Allianz Parque
Palmeiras
5 0
Tigre
Untitled Document
Classificação
1 Internacional
2 Flamengo
3 Atletico-MG
4 São Paulo
5 Santos
6 Fluminense
7 Fortaleza EC
8 Palmeiras
9 Atletico Goianiense
10 Corinthians
11 Grêmio
12 Sport Recife
13 Bahia
14 Ceará
15 Botafogo
16 Vasco DA Gama
17 Atletico Paranaense
18 Coritiba
19 Bragantino
20 Goiás
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
34 17 10 4 3 28 13 15 EVVVV
34 17 10 4 3 30 19 11 VVVEV
31 16 10 1 5 31 20 11 VDVED
27 15 7 6 2 20 13 7 EEVVE
27 17 7 6 4 23 19 4 VEVDV
26 17 7 5 5 25 20 5 EVVEE
24 16 6 6 4 16 11 5 EEVEV
22 16 5 7 4 19 20 -1 VDDDD
22 17 5 7 5 17 21 -4 EDVVE
21 18 5 6 7 21 26 -5 EDVDV
21 16 4 9 3 17 15 2 EVDVE
20 17 6 2 9 18 26 -8 VDDDD
19 17 5 4 8 22 25 -3 DVDEV
19 16 5 4 7 19 23 -4 EDEVE
19 17 3 10 4 17 20 -3 EVVDE
18 16 5 3 8 19 24 -5 DDDDD
16 16 4 4 8 12 17 -5 DEDDE
16 17 4 4 9 14 22 -8 EDEVD
16 17 3 7 7 19 24 -5 EDDEV
11 15 2 5 8 19 28 -9 DDDEE
Libertadores Pré-Libertadores Sul-Americana Rebaixados
vitoria empate derrota
Untitled Document
Classificação
1 Palmeiras
2 Santo André
3 Novorizontino
4 Botafogo SP
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
22 12 6 4 2 17 6 11 EEEDV
20 12 6 2 4 14 13 1 EDDED
19 12 4 7 1 12 8 4 VEEDV
11 12 3 2 7 9 23 -14 DVDVD
Untitled Document
Classificação
1 Palmeiras
2 Guarani Campinas
3 Bolívar
4 Tigre
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
13 5 4 1 0 12 2 10 VVVEV
10 5 3 1 1 10 5 5 VDVEV
4 5 1 1 3 4 10 -6 DVDED
1 5 0 1 4 3 12 -9 DDDED