23/6/2021 10:00

Raphael Veiga e Gustavo Scarpa mostram bons números atuando pelo Palmeiras, mas nunca ao mesmo tempo

Contra o Red Bull Bragantino, às 19h, no Nabi Abi Chedid, Abel Ferreira deve promover a sexta partida de Gustavo Scarpa e Raphael Veiga juntos como dupla de criação no time titular do Palmeiras. Nos cinco jogos anteriores - Chapecoense, CRB, Corinthians, Juventude e América - os dois fizeram boas partidas, mas de modo alternado: quando um foi bem, o outro sumiu um pouco.



O UOL avaliou as estatísticas dos dois jogadores compiladas pelo SofaScore, que evidenciam que ainda falta algum acerto entre eles para que os dois coincidam boas atuações ao mesmo tempo.


Contra a Chapecoense, Scarpa pegou pouco na bola; contra o CRB, só deu ele

A primeira partida da série conjunta foi contra a Chapecoense no Allianz Parque, pelo Brasileirão. Na vitória por 3 a 1, Scarpa deu uma assistência, mas pegou muito pouco na bola —47 toques contra 89 de Veiga.


Contra o CRB, na derrota por 1 a 0 pela Copa do Brasil, foi a vez de Veiga sumir, com apenas 69 toques contra 95 de Scarpa, que chutou nada menos que 12 bolas no gol. Veiga, arrematou quatro vezes, o que seria um bom número, não tivesse o Palmeiras chutado 35 vezes à meta alagoana.


Veiga fez o gol contra o Corinthians, mas participou pouco das ações

Contra o Corinthians, mais uma vez, foi a vez de Veiga sumir. Pegou menos na bola —70 a 53—, tentou apenas um lançamento, que errou, e três cruzamentos, todos sem direção. Scarpa acertou dois de três cruzamentos e seis de dez lançamentos. Mas estatística não é tudo: Veiga deu dois chutes a gol, mas um entrou. Scarpa errou os dois que tentou.


Scarpa deu duas assistências contra o Juventude; Veiga desapareceu contra o América-MG

Na vitória por 3 a 0 sobre o Juventude, Scarpa pegou menos na bola —57 a 61—, mas deu nada menos que duas assistências. Em compensação, não bateu a gol, contra três arremates de Veiga.


E por fim, contra o América-MG, no último domingo, foi a vez de Scarpa pegar mais na bola —60 a 48— e ainda fazer assistência para o primeiro gol de Willian. Veiga tentou um lançamento e três cruzamentos, errando todos. Scarpa cruzou 15 bolas e lançou 11. O camisa 14, que terminou o jogo na lateral na vaga de um péssimo Victor Luis naquela manhã, ainda bateu quatro vezes a gol, contra uma do camisa 23.


Jogadores tentam um fazer o contrário do outro

Em entrevista ao UOL, Gustavo Scarpa explicou que ele e Veiga se conversam em campo, e que um "tenta fazer o contrário do outro". Se Scarpa desce para buscar a bola junto com o volante do dia, o outro abre para receber mais perto dos homens de ataque.


A explicação de Scarpa justifica, de certo modo, que os dois alternem boas atuações, e acabem trazendo a Abel justamente a opção que ele precisa em cada jogo. Com dois meias em campo, ele dobra a possibilidade de um deles estar em uma tarde melhor para criar jogadas.


Por outro lado, até que haja um ajuste melhor entre os dois, o Palmeiras acaba tendo uma peça muito menos operante que a outra em cada partida, de modo que é de se imaginar se Danilo ou algum outro volante de mobilidade talvez não fizessem melhor o papel de um dos meias.



A julgar pelo ano de 2020, quando foi destaque do time, quem perde um pouco individualmente, até que esse ajuste se concretize, é Raphael Veiga. De principal homem do setor, ele passou, por enquanto, a ser coadjuvante em algumas partidas. Já Scarpa, que nem titular era, vai agarrando sua chance de enfim se firmar.

#palmeiras #verdao #alviverde #raphaelveiga #gustavoscarpa



LEIA TAMBÉM: "Após três meses fora, Veron detalha trabalho para voltar a atuar pelo Palmeiras




1587 visitas - Fonte: Uol Esportes

Mais notícias do Palmeiras

Notícias de contratações do Palmeiras
Notícias mais lidas

Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou .

Últimas notícias

Próximo Jogo - Brasileiro

Sáb - 19:00 - Morumbi - Premiere
São Paulo
Palmeiras

Último jogo - Brasileiro

Sáb - 19:00 - Allianz Parque
Palmeiras
1 0
Fluminense
Untitled Document
Classificação
1 Palmeiras
2 Atletico-MG
3 Fortaleza EC
4 RB Bragantino
5 Atletico Paranaense
6 Flamengo
7 Ceará
8 Atletico Goianiense
9 Bahia
10 Corinthians
11 Fluminense
12 Santos
13 Juventude
14 Internacional
15 Cuiaba
16 Sport Recife
17 São Paulo
18 America Mineiro
19 Grêmio
20 Chapecoense-sc
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
31 13 10 1 2 25 12 13 VVVVV
28 13 9 1 3 19 10 9 VVVVV
27 13 8 3 2 21 9 12 DVVVV
24 13 6 6 1 24 16 8 VEEED
23 12 7 2 3 21 13 8 VDEDV
21 11 7 0 4 22 10 12 DDVVV
19 13 4 7 2 14 12 2 VEEVE
18 13 5 3 5 11 14 -3 EEDDV
17 13 5 2 6 18 22 -4 VVDDD
17 13 4 5 4 11 11 0 EVDDV
17 13 4 5 4 10 12 -2 VEVDD
16 13 4 4 5 15 16 -1 DVDED
16 13 4 4 5 9 14 -5 DDEDV
14 13 3 5 5 12 18 -6 EDEVD
12 12 2 6 4 13 16 -3 EEVVD
11 13 2 5 6 7 11 -4 DEDVE
11 13 2 5 6 9 17 -8 DVVDD
10 13 2 4 7 10 18 -8 VDDDE
7 11 1 4 6 6 13 -7 DDEVE
4 13 0 4 9 11 24 -13 DDDDD
Libertadores Pré-Libertadores Sul-Americana Rebaixados
vitoria empate derrota
Untitled Document
Classificação
1 Bragantino
2 Palmeiras
3 Novorizontino
4 Ituano
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
23 12 6 5 1 15 7 8 VVEEE
21 12 6 3 3 18 10 8 DDVVV
19 12 5 4 3 17 12 5 VEDED
13 12 4 1 7 10 14 -4 DVVDD
Untitled Document
Classificação
1 Palmeiras
2 Defensa Y Justicia
3 Independiente Del Valle
4 Universitario
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
9 3 3 0 0 10 3 7 VVV
4 3 1 1 1 5 3 2 EVD
1 2 0 1 1 1 6 -5 ED
0 2 0 0 2 2 6 -4 DD